Read In Your Own Language

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Eu Sou Injusto Seu Malddad? Será?

Desculpa Aê seu Malddad, mas eu não sou injusto não. Sempre o senhor está aqui pela Tribo; até mais vezes que o Toinho que é seu igual: ministro, cara de pau e incompetente. Portanto nada dessa conversinha de dizer que as críticas ao Manual do Absurdo Literário não passam de “injustiça crassa”.
O senhor fica com lare-lare de que "a maioria das pessoas que atacaram o livro sequer leu o material distribuído pelo MEC", como se fosse um argumento de defesa? O senhor está comendo cocô escondido? E precisa ler uma merda dessa pra saber que é um absurdo? Nem pago eu lerei.
Ainda mais depois que voça inçelença disse que "adotam postura fascista". E ainda por cima ainda botou dois cabras muito dos seus safados no meio: Dolfinho Hitler e Zezinho Stalin.
Você teve o displante de dizer que "Há uma diferença entre o Hitler e o Stalin que precisa ser devidamente registrada. Ambos fuzilavam seus inimigos, mas o Stalin lia os livros antes de fuzilá-los. Ele lia os livros, essa é a grande diferença. Estamos vivendo, portanto, uma pequena involução. Estamos saindo de uma situação stalinista e agora adotando uma postura mais de viés fascista, que é criticar um livro sem lê-lo".

Quer dizer que se eu me propuser a ler esta poha eu posso sair por aí dando tiro em quem que quiser? Inclusive o senhor e mais um monte de bosta que está do seu lado nesse e em outros assuntos do (des)governo de vocês?

Então vou já ligar prá Livraria Saraiva e pedir uma dúzia prá distribuir com uns amigos meus.
E tem mais...Vá tratando de pedir consultoria ao Toinho de como aumentar o patrimônio porque eu quero que devolvam aos cofres públicos a grana que gastaram com essa coisa, senão "o peiche vai pegá".

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi cacique,
Com a sua devida licença, assino embaixo.
Opcao_zili.

"O Mascate" disse...

Meu caro, O ministério da educação adverte, ler livros pode causar mediocridade.