Read In Your Own Language

sábado, 27 de fevereiro de 2016

O Dotô Engenheiro Não Vai Segurar Mais


O engenheiro Frederico Barbosa não aguentou o aperto e cuspiu a rosca. 
Cansou de tentar manter aquela conversa mole de "estava de férias e fui na obra para ajudar um amigo".
Reconheceu que foi acelerar a obra do sítio Santa Bárbara a pedido do patrão para atender os prazos impostos pela premêra muda, trabalhando inclusive em jornadas prolongadas, sábados, feriados e domingos.
Depois vem 9 dedos e seus babões dizer que ele só é visitante chato que vai 11 vezes no sítio du zôto.

Dona Xepa Vai Cair


A falsa fortaleza de dona Xepa vai cair e o sorriso irônico vai desaparecer, para o alívio dos cidadãos de bem deste país.
Os ambientes em que ela está acostumada a frequentar são completamente diferentes do que está acostumada. 
O glamour e fantasia dos estúdios de marketing onde criavam o Brasil de loola e deelma sem nenhum compromisso com a verdade agora se materializam nas celas e salas de interrogatório.
Os "OH´s" de assombro dos clientes com as cenas multi-manobradas nos computadores agora são substituídos por carrancas sérias de agentes federais da lei.
E pra isso não tem ensaio que sobreviva. Muito menos advogados que instruam.
Ela vai cair e vai se contradizer a um ponto que não tem volta; fornecendo os dados para colocá-la em cana, junto com o bandido do seu marido...

A Secretina Vai Abrir o Bico


Os alfarrábios da secretina-executiva da Odebrecht, aquela que atende a diretoria executiva, que tem acesso às salas do poder e que não bate nas portas; Maria Lúcia Tavares, encarregada geral do controle da distribuição dos acarajés, cuidando para que chegassem "quentinhos" a seus comensais, teve sua estada com dr Sérgio Moro prorrogada por mais cinco dias.
Por mais safa que seja, não é criada em ambiente de pressão extrema, sob intenso interrogatório. Vai cair... Vai abrir o bico... Vai cometer uma falha... Vai permitir que apareçam mais dicas para os investigadores da PF e do MPF.
É questão de aguardar.

Madame Continua na Terra do Cobre


A visita-surpresa da governANTA ao Chile, que tratamos aqui, realmente surpreendeu, se me permitem o trocadilho. Foi um corre-corre danado nas sempre pacatas, previdentes e precavidas instituições diplomáticas.
O argumento para a "urgência" foi as olimpíadas e a reunião da ONU. Casando isso com a agenda da dentuça, acham que enganaram o universo.
Mas valeu... Pior foi esticar a poha... O que fazer no sábado? O jeito foi tirar empresários de suas haciendas e inventar reunião de negócios. Pra isso o vassourão acomodou 25 empreendedores brasileiros no seu bojo.
No Chile, madame falou no corte de orçamento, ajusta fiscal e mais umas baboseiras. Afinal, ela precisa respirar fundo para receber o "Plano Emergencial" da coja vermelha, que será divulgado oficialmente hoje.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

A Vontade de Ser Primeira Dama Falou Mais Alto


Ano passado foi o maior buxixo. A mulher o deputado Pedro Paulo Carvalho deu queixa na delegacia das mulheres, de que sofreu, e não era a primeira vez, maus tratos e, porque não dizer, agressões violentas a socos e pontapés do forte candidato a réu na Lei Maria da Penha. Com direito a depoimento confirmatório da babá e exame no IML e tudo.
Pois bem... Suspensa a licença do bonitão e seu retorno ao parlamento, depois de ter sido secretário municipal especial, garantida sua candidatura a prefeito do Rio com as bençãos de Eduardo Paes Et Caterva, configura-se que tudo não passou de um enorme engano.
O exame de corpo de delito foi retificado, constatando não mais uma surra mas uma auto-flagelação, a senhora de vítima virou compreensiva, a baba pediu para mudar o depoimento e desdisse que tinha visto, trocando para acho que foi assim, e tudo fica em paz, vivendo felizes para sempre.
É bom saber que assistir ao desfile das escolas de samba no camarote da prefeitura, com direito a toda mordomia que tal evento permite, tem um poder estonteante, capaz de fazer uns tapas serem uma forma alternativa de amor...

Destruindo O Sobrenome Migliaccio

 
Bons tempos em que o sobrenome Migliaccio remetiam a Flávio e Dirce Migliaccio, grandes figuras da arte dramática, seja em tragédia seja na comédia e grandes destaque na TV, teatro e cinema.
O que boia na imprensa hoje em dia é o tal de Fernando Migliaccio, executivo da Odebrecht que repassou propina para João Santana.
O bonitão tem não uma, mas uma rede de empresas offshore prontinhas para a prática criminosa. Os investigadores da PF listaram cinco empresas controladas por ele, abertas em locais como Ilhas Virgens Britânicas, Antígua e Panamá.
Foi através dele que também saíram os pagamentos para obras ligadas ao 9 dedos (Instituto Lula, Sítio e triplex).
Mesmo havendo sido transferido para uzistaduzunidos para sumir da cena, o bonitão teve que ir na Suíça para apagar provas e então foi detido pela puliça de lá.

Senado Faz Corpo Mole no Caso de Delcídio


O corporativismo está falando mais alto que nunca. Ouvia-se Renan Cabeleira falando que "se o Supremo ainda não se posicionou sobre o caso de Delcídio do Amaral, por que o Senado teria de se antecipar?"
Pois é... Com meio mundo enrolado em processo; muitos na Lava a jato; como, por exemplo, o próprio
Renan, Valdir Raupp, Romero Jucá; Gleisi Hoffmann, Humberto Costa, Delcídio; Ciro Nogueira, Benedito de Lira, Fernando Collor, Aloysio Nunes e José Agripino; a ordem é puxar o frei de mão.O plano é enrolar o processo no Conselho de Ética, a começar por empurrar com a barriga a nomeação do novo relator do caso e esticar os prazos da comissão. Para os caciques do Senado, prosseguir com os trâmites agora abriria um precedente perigoso para os demais implicados na Lava Jato e em outros processos.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O Plano do PT: CPMF e Reservas de Emergência

Amanhã, em meio às festividades do aniversário,  o PT vai "lançar" um "plano econômico paralelo", apontando "saídas para a crise". 
O nome do monstro é "Programa Nacional de Emergência", e, entre suas grandes ideias, propõe o uso das reservas internacionais para criar um "Fundo Nacional de Desenvolvimento e Emprego", radicalizar os mecanismos de distribuição de renda, forte redução da taxa básica de juros e incentivo ao crédito e, gran finale, a volta da CPMF, compartilhada entre União, Estados e Municípios. 
A estrovenga foi escrita a quatro mãos pelos geniais economistas Rui Falcão e Brahma, acrescentando que é apenas parte de um total de 16 outros pontos para retomar o crescimento, afirmando que só se sairá da crise se "dobrar a aposta" como fez loola quando estava na crise entre 2008-2009.

Agora Só na Fumaça


Loola não usa celular, disse Rui Falcão. E nem fixo, diz a coluna Painel da Folha. A Vivo cortou a linha do sítio Santa Bárbara por falta de pagamento desde dezembro...

Mônica Sorriso Cínico: Foi Só crime Fiscal


Em seu depoimento ao dr Sérgio, Mônica Sorriso Cínico disse que o crime que eles cometeram foi "apenas" sonegação fiscal; porque "esqueceram" de declarar ao leão os rendimentos das empresas que mantinham no exterior; e que também haviam "esquecido" de mencionar em suas declarações anuais; tanto que, ao lembrarem, anteontem, imediatamente retificaram suas declarações desde 2010 (último ano sujeito a investigação da receita), corrigindo a falha.
A tentativa é se enquadrar no mesmo "pequeno" crime de Duda Mendonça, durante o Mensalão; para o qual o STF já emitiu jurisprudência; de que "eu não sabia que era dinheiro ilícito".
O PNC dela é que há provas mais que cabais que sabiam sim da origem e não estavam nem aí para o fato.
Vai engolir este sorriso, sua ladra vagabunda.

Zelotes: O Alvo é a GERDAU


A Polícia Federal está nas ruas de novo. Desta vez é uma ação ligada à Operação Zelotes (6ª fase). São 22 mandados de condução coercitiva e 18 de busca e apreensão a serem cumpridos nos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco e São Paulo e no Distrito Federal. 
Em Pernambuco, a PF cumpre um mandado de busca e apreensão no Recife, no bairro de Parnamirim, e uma condução coercitiva de um auditor da Receita Federal. Não há buscas em empresas.
Dessa vez o alvo é o Grupo Gerdau, de quem se suspeita atuações no CARF para evitar o pagamento de multas que chegam a R$ 1,5 bilhão.
Perguntinha silvícola: Jorge Gerdau não é membro do calçolão, OPS, conselhão da governANTA? É esse o conselho dele? Sonegar imposto?

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Será Que Vai Delatar?



Depois de ter ficado caladinho no depoimento de hoje de manhã, MO, através de seus adEvogados, pediu ao dr Sérgio Moro que autorizasse o brabinho a sair da carceragem da PF para o Complexo Médico Penal de Pinhais, onde esteve preso, para permitir que ele conclua com seus advogados as alegações finais de sua defesa.
Segundo o filho de Emílio e neto de Norberto, o empreiteiro quebraria seu silêncio obsequioso e estaria disposto "a colaborar com essa investigação". Só não disse ainda o que considera um bom nível de colaboração.De qualquer forma, só isso já aumenta enormemente o grau de cagaço nas hostes vermelhas. Não acho que MO esteja só blefando porque ele não é bobo e sabe que dr Sérgio não dá ponto sem nó. Assim, o guardião dos segredos da república terá que decidir se opta por sua liberdade ou do 9 dedos mais a dentuça.

Aqui Não, Mas Lá Fora....



Se o que eu li mais cedo na Folha estiver correto, a cara de pau dessa corja não tem limites. 
O jornal publica que João Göebels Santana vai tentar tirar a dentuça da inevitável queda, dizendo a grana que o tal de Zwi lhe repassou da Odebrecht, não tem nada a ver com as campanhas dela, e que se trata de pagamentos relativos a eleições na ARGHentina e El salvador, onde ele trabalhou e a CNO tem obras e possíveis acordos de acarajés.
Pergunto: Combinou isso com Marcelinho derrubador de república? Se ele já estava brabinho com a etapa Acarajé da Lava a Jato, imagina agora. Será que MO aceitará dizer que deu acarajé lá fora mas aqui não, só porque é o solo sagrado onde nasceu? Sei não...

Terceiro Rebaixamento: Brasil da Gama





Primeiro foi a Standard & Poor´s, depois a Fitch e agora a derradeira. A agência de classificação de risco Moody's rebaixou a nota do Brasil e tirou o grau de investimento do Brasil agora de manhã, como já era esperado. A nota do país passou de Baa3, o último nível dentro do grau de investimento, para Ba2, já na faixa de especulação. O pior de tudo é que a agência já entrou dando voadora: rebaixou logo 2 níveis e também colocou o Brasil em perspectiva negativa, ou viés de baixa, significando que pode sofrer novo rebaixamento.


Agora, ADEUS VIOLA...

Concerino Reconvoca 9 Dedos


Definido que o promotor Cássio Concerino manda bagarai, ele define hoje o dia em que vai ouvir o 9 dedos e a premêra muda sobre sítio, triplex e o cacete a quatro que tiver vontade pra esclarecer como o casal fez ocultação de patrimônio.
Safo e habituado a enrolar multidões, ele sai ileso da bronca. Já a mudinha vai gaguejar e entregar o ouro.

Chega Pra Lá No Vice


Li no Lauro Jardim ontem que, Dilma desembarca em Washington 31 de março para participar do Nuclear Energy Summit, um encontro anual que se realiza desde 2010. Pergunta ele: E daí? Daí que desde 2010, o representante brasileiro nesta reunião de cúpula era o marido da Marcela. Agora, Dilma resolveu tirar dele essa atribuição. O famoso chega pra lá e te aquieta.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Falcão Contrata


Delcídio: Delação Pressupõe Assumir Crime


A cadeia fez algum bem a Delcídio: emagreceu doze quilos.
Mas o fato é que, a coisa mais importante pra ele é salvar o mandato para não perder o foro privilegiado e cair no colo do dr Sérgio Moro.
Delcídio falou pela primeira vez depois dos 87 dias de prisão e refuta fortemente o boato de que teria ameaçado entregar colegas caso seja cassado. O senador também nega colaboração com a Lava Jato: "Não há delação premiada alguma. Minha defesa está muito boa e será feita nos tribunais superiores e no Conselho de Ética". 
Nem cogita fazer delação premiada, pois a delação não combina com o propósito de tentar preservar seu mandato, pois pressupõe admitir crimes, facilitando a temida cassação.
Também com veemência, Del afirma não estar em prisão domiciliar: "Estou em recolhimento noturno, uma medida cautelar. Prisão é cumprimento de pena e eu não fui condenado." Lindo, né...

Um Cheira-Calçola Exemplar


Cada um faz de seu dinheiro o que quiser, é certo; mas são raros os que aplicam o resultado de seu trabalho em financiar campanhas políticas.
Armando Ramos Trípodi é uma dessas raridades. A criatura, alvo de mandado condução coercitiva da Operação Acarajé, ex-gerente executivo de Responsabilidade Social da Petrobras, foi um dos maiores doadores individuais da campanha presidencial da governANTA.
Armandinho ainda deu dinheiro para as campanhas do governador da Bahia, Rui Costa (PT), e Robson Leite (PT-RJ), candidato a deputado estadual.
O sutil argumento da detenção foi a reforma de seu apartamento ter sido bancada por offshores ligadas à empresa Odebrecht. Consta também no currículo de suspeições, a PF ter apreendido nos escritórios da OAS, no fim do ano passado, uma lista de presentes com a anotação “Armando Tripodi – Relógio – R$10.619,00”. 
 O ixtranho hábito de doação eleitoral de Armandinho é o mesmo que tem gente bem mais rica como Eraí Maggi, o rei da soja, e Antônio Carlos Brandão Resende, sócio da Localiza.
Mas, como chefe de gabinete do ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli e citado na delação de Paulo Roberto Costa ex-diretor da BR, Armando deve ganhar muito bem para se dar a um hábito tão caro.

9 Dedos Está na Alça de Mira da PF


Os jornais e telejornais de ontem e hoje de manhã falam dos relatórios internos da PF e s citações destes ao 9 dedos.
Sem rodeios, os relatórios dizem que Brahma deve ser investigado, porém "com parcimônia", pelo "possível envolvimento em práticas criminosas".
O documento coloca sob suspeita o financiamento de obras do Instituto Lula feita pela Odebrecht. No entendimento da PF, cerca de R$ 12,4 milhões foram gastos na obra. 
Nos documentos apreendidos na empreiteira, a polícia associou a sigla IL ao Instituto Lula, principalmente quando cita "Prédio (IL)" junto ao valor a ela referido de R$ 12.422.000,00. 
Consta também a composição desse valor, da seguinte maneira: três vezes o valor de R$ 1.057.000,00 (3.171.000,00), acrescidos dos valores de R$ 8.217.000,00 e 1.034.000,00.
Os relatórios também registram que a Odebrecht também arcou com custos de outras propriedades pertencentes ao sempre agraciado 9 dedos.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Rui Falcão: O PT Não Tem Marqueteiros


Um TOMANOCÓ  maiúsculo e bem gritado...
Primeiro foi a nota do escudo Instituto Lula dizendo que 9 dedos não usa celular, pensando que conseguiria desqualificar o fato de que a OI instalou uma antena quase exclusiva para o Sítio Santa Bárbara.
Agora o canalha do Rui Falcão tentou descolar a legenda do marqueteiro e bandido João Santana com a seguinte frase: "O PT não tem marqueteiro". Verdade... Göebels não é só marqueteiro. É também conselheiro pessoal da presidentA nos mais graves momentos das sucessivas crises do governo. 
Joãozinho foi também responsável pelas três últimas campanhas que levaram o partido ao Planalto: loola em 2006 e deelma em 2010 e 2014; pela campanha de Delcídio ao senado em 2002; pela campanha de Gilberto Maggione a prefeito de Ribeirão Preto em 2004; de Vander Loubet a prefeito de Campo Grande em 2004; de Gleise Hoffman à prefeitura de Curitiba em 2008; de Marta Suplicy à prefeitura de São Paulo em 2008; de Fernando Haddad a prefeito de São Paulo em 2012.

O Melhor FLA X FLU da História


O gramado do estádio Mané Garrincha em Brasília, foi invadido ontem, durante o jogo Flamengo X Fluminense por uma senhora, mãe de três filhos, chamada Kelly dos Santos, portando um cartaz com os dizeres "Fora Dilma" e "13/Mar - Vem Pra Rua”. antes de ser detida e conduzida para fora do estádio e para uma delegacia de polícia, Kelly foi fortemente aplaudida por ambas as torcidas.
Havia também outros manifestantes nas arquibancadas com cartazes de apoio ao impeachment de Dilma, bonecos Pixulecos, máscaras do japa da federal, e camisas montando a mensagem "Fora PT".
Fica o registro na Tribo...






Não Tem Grana Pra fazer Grana


É comum se ver em comércios em geral placas colocadas pelos proprietários, conclamando os clientes a trazer troco para trocar. Em alguns casos, até oferecendo brindes.
É fato que a dificuldade de troco é enorme. Sempre foi. Na minha fase de comerciante, senti isso na pele. Mas agora piorou, por uma razão inusitada: a casa da moeda não tem dinheiro para fazer dinheiro.
Dados do Banco Central dão conta que o valor total do meio circulante cresceu apenas 2,1% o que, descontada a inflação, significa que foi reduzido em 8,4%. Em 22 anos, isso não aconteceu, exceto em 2003. Como o corte do orçamento da casa da moeda foi de 7%, a coisa vai piorar.
A necessidade é de cerca de 1,5 bilhões de reais para recompor o deficit, sem falar na reposição de notas estragadas pelo uso.

Meu Sítio, Minha Vida

A corja vermelha está brabinha com aquele vídeo da campanha de 2002, que visava humanizar o 9 dedos. O famoso "Lulinha, Paz e Amor".
Chocados porque usaram a fala da premêra muda dizendo que ele adora ir para o sítio. Também pularam ao ver o Brahma jogando bola e acendendo o fogão a lenha; enquanto relata como isso lhe dá prazer.
O Instituto Lula imediatamente replicou dizendo que e outro sítio, que nada em a ver com o bonitão de Atibaia. Afirmam que se trata de uma chácara de sua propriedade em São Bernardo do Campo. Veja post aí em baixo sobre os imóveis do bandido.
Perguntinha silvícola me ocorre: Se ele tem um sítio em São Bernardo, por que diabos foi 111 vezes ao de Atibaia, incomodar os donos?
O vídeo já foi acessado mais de 600 mil vezes e eu posto novamente só pra sacanear.

video

E Vai Rolar a Festa....



A coluna Painel informa que o governo vai intensificar suas ações publicitárias na internet. A Secretaria de Comunicação Social da Presidência está finalizando uma nova regra para a distribuição da grana. Em 2015, os gastos com publicidade na internet foram de 12% do total, marca que o Executivo considera insatisfatória. A meta a ser atingida é algo da ordem de 20%.
Para não dar tiro n´água, será feita uma pesquisa para aferir como as pessoas se informam antes de adotar o novo parâmetro de gasto com publicidade.
O governo diz que deseja "qualificar a audiência", mexendo na forma de medir os acessos na internet, aferindo não só a abertura de páginas mas também o tempo que a pessoa permanece, se assiste vídeos até o fim, etc. 
Não será mexido nos "critérios de mídia técnica", a nomenclatura visível das regras para repassar mais recursos a blogs e sites "simpáticos às causas do partido".

Minha Casa Barbuda, Minha Vida


TEXTÃO... MAS MERECE

O Estadão publicou ontem uma extensa matéria sobre "imóveis do 9 dedos". Demonstra com enorme clareza que a necessidade dele ficar se explicando sobre suas moradias não é nova e nem se limita ao triplex do Guarujá ou a sítio de Atibaia. Nem tampouco se restringe a explicar à imprensa, aos poderes constituídos, aos coxinhas golpistas ou aos zeladores, caseiros e vigias. 
Começou no longínquo novembro de 1997 quando uma comissão de ética do próprio PT (ainda existia isso), num processo interno conhecido como "caso CPEM", investigava uma denúncia do economista e então dirigente petista Paulo de Tarso Venceslau, contra a empresa de consultoria CPEM - Consultoria Para Empresas e Municípios.
O "causo" se resume à denúncia de que o advogado Roberto Teixeira, compadre de loola, então presidente de honra do PT (leia-se, sem fazer poha nenhuma e sustentado pelo partido), propunha à prefeituras do PT, que contratassem a CPEM, sem licitação, para prestar assessoria no setor de arrecadação de impostos. 
Sem licitação já leva a ter certeza que ali o PT já iniciava sua profissão de roubalheira sem limites. Pois então... Em contrapartida, a consultora ia transferir dinheiro para as campanhas do partido. 
Pois no meio da fuzarca, Venceslau, que já devia ter siso excluído da boquinha, aproveitou e levantou a lebre de que o 9 dedos "morava de graça", durante oito anos, em imóvel de quem?...... De Teixeira. 
No meio da investigação, devidamente abafada, não se deixou de registar frase lapidares do auto-acidentado: "Não tem mais sentido eu voltar para aquela casinha"”, disse loola à comissão de ética, no dia 14 de novembro de 1997.
A tal "casinha" era o único imóvel desde primeira declaração de bens à Justiça Eleitoral, que o "brabo de platéia selecta" fez em 1982. 
Ficava no Jardim Lavínia, em São Bernardo do Campo, e era financiada pela Caixa Econômica Federal, segundo ele próprio declarou ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo no dia 11 de agosto daquele ano. 
Na eleição para deputado federal constituinte em 1986, loola declarou ao TRE-SP ainda o imóvel financiado do Jardim Lavínia, repetindo em 1989, no terceiro ano como deputado federal e candidato à presidência da República, o mesmo e único imóvel.
Preparando-se para a tal "Caravana Democrática" pelo Brasil, que acabou levando ele à presidência, o farsante precisava de uma casa maior e mais confortável, cedida com toda a profunda amizade pelo advogado e compadre Roberto Teixeira, que nunca cobrou aluguel. 
Além disso, cansado de tanta rodagem num buzão país afora, loola e sua família também usufruíam, como convidados, de um sítio de Teixeira em Monte Alegre do Sul, a 140 quilômetros de São Paulo.
Já na segunda candidatura à presidência 1994, o bufão já agregava outros bens à declaração: além da casa do Jardim Lavínia, da qual já se mudara e da qual não se tem mais noticia, ja tinha uma cota-parte de um terreno de sua mulher, Marisa, em São Bernardo do Campo, e um outro terreno no Riacho Grande, subdistrito do mesmo município, onde fez o seu primeiro e muito módico sítio de lazer; "Los Fubangos".
Para evitar constrangimento ao compadre, numa comissão especial de ética, Teixeirão sugeriu que ele adquirisse o apartamento em que mora até hoje, em São Bernardo do Campo. "Vendi o Ômega por 40 paus, um terreno que era da Marisa por 73 paus, e comprei o apartamento”, contou à comissão de ética. Pronto.... Acabou a história.... O resto é estória...
O apartamento 122, no edifício Green Hill, em São Bernardo, aparece na declaração de bens de 1998 (terceira candidatura de Lula à Presidência da República), junto da "casinha" do Jardim Lavínia e do sítio Los Fubangos. Não consta, desta declaração, aquela cota-parte do terreno de Marisa que ele citou no depoimento à comissão de ética. 
Na quarta candidatura, aquela que derrotou Alckmin, loola já apresentou quatro imóveis: o apartamento do Green Hill, o terreno do Riacho Grande, e, substituindo a "casinha", que deixou de aparecer, dois apartamentos no edifício Kentucky, em São Bernardo do Campo. 
Na declaração de 2006, ano da reeleição, repetiu as posses de 2002, e acrescentou uma "participação cooperativa habitacional, num apartamento em construção no Guarujá/SP, R$ 47.695,38 já pagos", esta foi convertida no triplex no Edifício Solaris.
Sobre o Sítio de Atibaia, NADA... Ainda...

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Menos Caminhões, Mais Crise


A Colinas, empresa que explora a concessão de cinco rodovias em São Paulo, incluindo o entorno de Campinas, registrou em janeiro uma queda de 10% no movimento de caminhões e veículos pesados nos pedágios, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Reformando o Que Dá


Não me lembro onde li, mas é sensacional...
Dilma não vai fazer a reforma da Previdência porque há outras duas reformas que lhe tiram mais o sono: a do sítio e a do tríplex.

Meu Automóvel, Minha Dívida


Uma das alegações do "governo popular" é a possibilidade de "pobre ter seu carro novo", um dos símbolos da "ampliação da classe media".
Pois é chegada a hora do fim do sonho do Meu Automóvel, Minha Vida. A badalada "classe média emergente", conhecida num país muito, muito distante; como "classe C"; está sendo obrigada a devolver aos bancos o carro financiado em 1.000 prestações ou deixa-los parados, porque não suportam o custo do combustível. 
As falaciosas e enganadoras reduções de IPI, que tanto fizeram a farra das montadoras, agora sufoca o comprador com os preços da gasolina e do álcool.
O incompetente, para dizer o pouco, governo de deelma fez o Brasil regredir 13 anos: a produção de automóveis, em janeiro de 2016, foi igual a de janeiro de 2003.
Fica mais que evidente que o objetivo da corja não era disponibilizar carro novo para a classe C, mas ajudar a indústria automobilística a aquecer as vendas e contribuir nas campanhas.
Basta recordar que, do final do governo loola à era deelma, as montadoras de automóveis foram beneficiadas por 22 medidas, sobretudo de renúncia fiscal. 
Registro também que, embutidas nas medidas enrolatórias, havia compromissos de manutenção de empregos em tempos difíceis. 
Quero ver quem acha isso nos textos agora...
E vão pedir mais, porque os pátios de fábricas e concessionárias estão cheios

Mexeu Comigo, Agora Aguenta

Quem achava que o santo Cunha estava morto, está muito enganado. Depois da perda de seu candidato na eleição para líder da bancada do PMDB, Dudu fará uma demonstração de força com o apoio dos líderes partidários, e colocará em votação uma PEC que aumenta o gasto mínimo da União com saúde e outra que regulamenta ações na cidade olímpica do Rio de Janeiro.
E pior, nomeará Índio da Costa, pré-candidato do PSD à Prefeitura do Rio, para relatar a Lei da Olimpíada, num contraponto à disputa eleitoral contra Pedro Paulo, o Zé Porrada, aliado de Leonardo Picciani.
Já a PEC da Saúde, de autoria de Vanderlei Macris (SP), eleva de 15% para 18,7% o investimento mínimo da União na área até 2020. 
Em época de crise, o texto restringe ainda mais os gastos federais e provoca calafrios no Planalto.