Read In Your Own Language

sábado, 13 de novembro de 2010

Fim de Semana Prolongado

Com um fim de semana prolongado desses, muita gente viaja. Chegar em São Paulo é sempre complicado por várias razões. O tempo é uma delas. Confiar cegamente no ILS não é só força de expressão. Prá quem é do ramo, até põe uma musiquinha.

video

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Coisas da Amazônia - O Peixe Candiru

O Candiru (Vandellia Cirrhosa), também chamado de canero ou peixe-vampiro, é um peixe de água doce encontrado nos Rios Amazonas e Madeira e seus afuentes. Tem uma reputação entre os nativos de ser o peixe mais temido naquelas águas, até mais que a piranha.

A espécie cresce até dezoito centímetros, tem forma de enguia e cor muito clara acinzentada, tornando-o quase invisível na água.

O candiru é um parasita. Ele nada até as cavidades das guelras dos peixes e se aloja lá, se alimentando do sangue recebendo assim o apelido de "peixe-vampiro".

O temor maior é que, sendo atraído pelo fluxo da urina no caso de banhista nús, pode nadar em sentido contrário e penetrar no ânus, na vagina ou na uretra. Ele então se instala e não tem como voltar da mesma maneira que entrou pois ele abre a parte posterior do corpo e toma forma de arpão. Para ser retirado é necessária uma cirurgia portanto.

Em casos de afogamento, são encontrados às vezes no interior dos cadáveres.


video

Caminhãozinho do Seu Lunga

Seu Lunga adora veículos transformados.



quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Comentando Sobre a Irlanda

Comentando sobre Irlanda, por observar comentários de uma amiga do Twitter @fernandafrota e sua irmã @paulafrota sobre músicas irlandesas:

Por que gosto e admiro o país? No fundo; juro que não sei.

Mas saber de um povo judiado por décadas de guerra civil insana entre católicos e protestantes, que exibiam os mesmos argumentos de fé em suas lutas, ambos os lados querendo no fundo o mesmo que era o reconhecimento de sua soberania em relação a um hipotético Reino Unido (Onde o sol nunca se punha) me parece coisa a se estudar.

Aí pelo meio dos anos 90, aparecem (pelo menos prá mim) os primeiros trinados das Irish Flutes e das rabecas e violinos com o lançamento do filme Highlander. Nomes como Enya e Lorena Mckennit passam a fazer parte de minha discoteca.

Retomo. Pensei que só eu, em minha paixão incontida por todos os tipos de música (claro que algumas por obrigação social), cultivava esses brotos. Engano: quando começava a ouví-las passava a colecionar grandes admiradores delas. Sem falar na admirável e incomparável interpretação de Freddie Mercury and Brian May em Who Want's to Live Forever (http://www.youtube.com/watch?v=UymJaMOEpAs&feature=fvst).

Lê daqui, estuda dali, os Celtas se incorporaram a essa admiração. Ô povo lutador. Inspiraram-me a incrementar meus afazeres pela liberdade e democracia, retornando à época da Escola de Engenharia, com muito mais força.

Juntam-se um CD que me roubaram e nunca mais consegui repor chamado Celtic Magic (tudo de bom), a fenomenal família The Corrs ( http://www.youtube.com/watch?v=f23L7nISg_E&feature=fvst ) e a deliciosa acomodação de tão maravilhosas canções à gaita de fole escocesa e pronto...
Talvez seja essa a razão da admiração. De novo digo: NÃO SEI. mas que é da porra é, Ah isso é.

A Verdadeira Ação Feminista

Original Publicado Por Elaíze Farias - Jornal A Crítica - Caderno Amazônia - 11/11/2010


A índia Leiciane Costa da Silva (15 anos) da etnia satarê-maué, em sua língua chamada de Atwãma, tornou-se a primeira mulher a participar do Ritual da Tucandeira; cerimônia até então reservada aos meninos que migram da infância para a vida adulta.

As luvas de palha contêm dezenas de formigas Tucandeiras, inseto de cerca de 2 cm, cuja ferroada e injeção de veneno provoca dores lancinantes, e efeitos colaterais imprevisíveis, pelas consequências alergogênicas. São colocadas sobre ambos os ante-braços e mãos do candidato pelo cacique, que decide o tempo de aplicação e a quantidade de repetições do "teste".




Perguntada pela reportagem sobre a razão de se submeter ao teste, Atwãna disse que "queria demonstrar que as mulheres são tão valorosas quanto os homens e que também podem ser guerreiras".

Atwãna é nascida em Barreirinha, mora em Manaus na comunidade Waikiru e cursa a sétima série do ensino fundamental.

Até então, o ritual feminino estava restrito à primeira menstruação, quando a índia fica presa em uma oca isolada por 2 meses e seu corpo passa por lacerações igualmente dolorosas, após o que é tratado com cicatrizantes naturais, como óleos de copaíba e andiroba (árvores nativas), além de aplicação da compressas de mangarataia (gengibre).


Comento:

É mais uma demonstração de que guerreiros de ambos os sexos surgem a cada momento no Brasil; cabe-nos descobrí-los e valorizá-los. Um exemplo desses é louvável e merece todo o destaque. Que sirva de exemplo para todos os homens e mulheres que precisam demonstrar seu caráter e comportamento ético num país povoado de pessoas que apregoam e praticam a "Lei do Gérson", querendo levar vantagem em tudo.

Ah! Só prá lembrar: aqui tem tucandeira prá dar com o pau. façam suas encomendas.

Relevante: Não dei o devido crédito às fotos quando fiz o post. FALHEI.



O Culto à Beleza

Impressionante como as administradoras do PT cultivam a beleza. Em 2006, tão logo ganhou a eleição para governadora do estado do Pará, Ana Júlia Carepa (vixe) contratou como assessores seu cabeleireiro, sua manicure-maquiadora e sua personal trainner; além de uma porrada de ex-maridos. Com a péssima repercussão, foram todas as pessoas "desligadas e sumiram de cena". Huuuum!!!
Nem bem acabaram de contar os votos da eleição 2010, e Dona Dilma Roussef, presidente recém-eleita, na esteira da promessa de uma forte ocupação feminina no seu governo, incluiu na equipe de transição uma cidadã dita advogada trilingue para sua equipe de transição, com salário em torno de R$ 6.800,00 na função de assessora.
Consta entretanto, que tal profissional, extremamente qualificada, é na realidade especialista em aflorações capilares superiores ou, no popular, cabeleireira da referida autoridade.
Márcia Westphalen comporá o governo de transição de Dilma, até a posse da nova presidente.
Até 2009, ela trabalhava como cabeleireira num salão de beleza em Porto Alegre e manteve até ontem à tarde no ar um blog sobre "cabelos, tendências e dicas de visual".
Segundo o governo de transição, Márcia é formada em direito e foi selecionada por análise de currículo pela campanha de Dilma, quando passou a atuar, de acordo com a assessoria, como secretária trilíngue. À reportagem da Folha de São Paulo, Westphalen informou outra função. Também disse que foi selecionada por análise de currículo, mas que trabalhou na área de "apoio de produção", auxiliando na organização de eventos da campanha de Dilma.
Uma coisa é certa: ficará mais barato que o japa que cuidava dela na campanha.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A Nação Yanomami: Lembrando o General Heleno

Via Agência Brasil - Diário do Amazonas 24 h

Brasília - As lideranças indígenas Yanomami e Ye'kuana, de Roraima e do Amazonas, se reúnem de hoje (10) a sexta-feira (12) em Boa Vista, a fim de definir ações para a criação do Território Etnoeducacional Yanomami Ye'kuana (Teeyy).
Promovida pela Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Ministério da Educação (MEC), com a participação das secretarias de Educação dos dois estados, a reunião é a segunda etapa das discussões para a criação do Teeyy.
No primeiro encontro, em 30 e 31 de agosto, os indígenas decidiram juntar os Yanomami e Ye'kuana em um só território etnoeducacional, nomearam os componentes da comissão gestora e ficaram de apresentar, na segunda etapa, os diagnósticos de educação de suas aldeias.
========================
Só prá lembrar: há 5 anos atrás o General Augusto Heleno, então Comandante Militar da Amazônia, único comandante na ativa com experiência em combate e ações externas; se manifestou contra a criação da reserva indígena Raposa Serra do Sol, por considerar perigoso implantar uma enorme área de terras em região fronteiriça de alto risco, sem o devido controle das Forças Armadas e da Polícia Federal.
Por isso foi defenestrado e posteriormente exonerado de seu comando, sendo designado para funções burocráticas do exército em Brasília.
Muito bem. Está a caminho a consequência do que ele falou e poucos ouviram.

Sobre o ENEM, CPMF e Cortinas de Fumaça

Em batalhas, os exércitos costumam lançar cortinas de fumaça para distrair os inimigos e cobrir suas verdadeiras manobras.
Os gravíssimos problemas ocorridos com o ENEM no fm de semana passado, atingindo pela segunda vez milhões de jovens em formação pessoal e de suas personalidades futuras, que precisam em tão tenra idade decidir suas carreiras, além de fazer valer os esforços de seus estudos por todos esses anos; precisam ter suas responsabilidades apuradas urgente e duramente.
A manifestação de diversos governadores eleitos e reeleitos, incluindo o goernador das MInas Gerais do PSDB; a favor do retorno da CPMF, também causou enorme furor público, pela tentativa de ressurreição de uma nefasta contribuição, cujo nascimento em prol da nobre causa da reforma e ampliação do sistema de saúde proposta por Adib Jatene, foi violentamente distorcida e se tornou mais um tributo a cair na vala comum das receitas federais.
Mas não é bem assim, pelo menos penso eu.
Em meio a tanto tumulto, o liberalíssimo e democratíssimo Sinistro da (Castração das Liberdades de) Comunicação Franklin Martins, vem tocando em rítmo acelerado seu projeto de criação e desenvolvimento de mecanismos de controle da imprensa e meios de comunicação, com meta definida de apresentá-los ao Presidente Lula e obter sua aprovação antes do início do novo geoverno, como forma de preservá-lo do inevitável desgaste político. Ou seja, faz a panacéia de censura o quanto antes.
Várias organizações de porte e responsabilidade como ABI, ABERT, ANJ, ABI, etnte outras de pronto se manifestaram contra essa aberração, que vem sendo tentada há anos, com a justificativas que estão sendo tratadas e discutidas com "entidades representativas da área".
Ora, quem são essas entidades: até agora, só apareceram desconhecidas associações de profissionais, além dos sindicatos controlados e subsidiados pelo governo, de ação coletiva restrita a municípios ou mesmo parte deles, no caso de cidades maiores.
Num arroubo de arrogância e prepotência, chegou a dizer que "se tiver alguém contra será atropelado, pois se preciso será feito na marra".
Firme no seu propósito Franklin Martins, classificou nesta terça-feira como "bobagens" as críticas à regulamentação dos meios de comunicação. Ao discursar na abertura do Seminário Internacional de Comunicações Eletrônicas e Convergência de Mídias, o ministro afirmou que a liberdade de imprensa no Brasil não está ameaçada. "É uma bobagem, um fantasma, um truque. Porque isso não está em jogo". Franklin também deixou claro que um das metas do governo é a "desconcentração das propriedades" do setor de radiodifusão.
O ministro ainda distribuiu ameaças às empresas de jornais, rádio e TV que são contra o controle proposta pelo governo: "Nenhum setor, nenhum grupo tem poder de interditar a discussão. Ela está na mesa, e pode ser feita num clima de entendimento ou num clima de enfrentamento. Eu acho que é muito melhor ela ser feita num clima de entendimento".
O Seminário Internacional de Comunicações Eletrônicas e Convergência de Mídias, a ser realizado em Brasília pelo governo federal, vai reunir 12 palestrantes até esta quarta-feira. Entre os convidados, estão responsáveis por órgãos reguladores dos meios de comunicação em países como Argentina, Portugal e Inglaterra. As propostas que serão debatidas no seminário foram retiradas da Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), que terminou em dezembro de 2009. Formada por representantes do governo, sindicalistas e ONGs ligadas ao PT, PSOL e PCdoB, a Confecom nasceu em torno da salutar ideia de discutir propostas para revitalizar leis do setor que há muito caducaram.

Mas, no fim de quatro dias de discussões (que incluíram até uma proposta de "diminuir a interferência da mídia no extermínio da diversidade da fala nacional"), o que resultou do encontro foi um funesto documento que revela quão vigorosamente os impulsos totalitários correm na veia da maioria de seus signatários. Entre as mais soviéticas propostas aprovadas pela Confecom está a criação de um observatório de "conteúdos midiáticos", reencarnação do já rechaçado Conselho Federal de Jornalismo que o governo tentou impor há alguns anos a pretexto de coibir erros da imprensa, mas com o mal disfarçado propósito de submetê-la a censura prévia.
Ai me perguntam: e o que o ENEM e a CPMF têm a haver com isso? Penso ser a tal cortina de fumaça a que me referi. Discute-se esses temas, balelas à parte, implanta-se o tal controle e depois faz-se nova prova, acalma-se a estudantina; e depois aprova-se essa tranqueira de CPMF num Congresso majoritariamente governista.
A aguardar e ver; ou estar alerta. A opção é nossa.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

O Custo de Uma Bolinha de Papel


Tai quanto custou aquela reportagem da "falsa bolinha de papel" e o cancelamento do debate do Nordeste. O PT reinventa o o PRER e faz o PROSÍLVIO

O Grupo Silvio Santos fechou um acordo com o Banco Central (BC) para ter acesso a uma quantia de 2,5 bilhões de reais. O montante será utilizado para “salvar” o banco PanAmericano, principalmente após serem constatadas "inconsistências contábeis que não permitem que o balanço da instituição reflita a real situação patrimonial da entidade”.Em comunicado enviado ao mercado na noite desta terça-feira, o PanAmericano afirma que “o aporte destina-se a restabelecer o pleno equilíbrio patrimonial e ampliar a liquidez operacional da instituição, de modo a preservar o atual nível de capitalização ".Os recursos serão obtidos através de uma operação contratada com o Fundo Garantidor de Créditos (FGC) do Banco Central. Em troca, o Grupo Silvio Santos ofereceu como garantia os bens do patrimônio empresarial.Segundo o comunicado, o aporte será feito por meio de crédito na conta “Depósito de Acionista". A instituição ainda afirma que o acordo não promove alterações no capital social ou no patrimônio líquido da empresa.“Esta decisão reflete o compromisso do controlador (Grupo Silvio Santos) com a higidez da instituição, sua responsabilidade com o mercado e com a preservação dos interesses dos seus clientes, depositantes, fornecedores e colaboradores, além de preservar a integridade da atual participação dos demais acionistas”, informa o comunicado.Alterações - O conselho de administração do banco elegeu nesta terça-feira uma nova diretoria: Celso Antunes da Costa Ivan Dumont Silva (presidente), José Alfredo Lattaro, José Henrique Marques da Cruz, Raphael Rezende Neto, Celso Zanin, Eliel Teixeira de Almeida e Mário Ferreira Neto.A instituição também convocou a CaixaPar, subsidiária da Caixa Econômica Federal (CEF), para uma assembleia geral extraordinária (AGE) para indicação de nomes que constituirão o novo conselho de administração.Em 26 de julho deste ano, o Grupo Silvio Santos e a CaixaPar formalizaram um acordo pela qual a Caixa adquiriu 35,54% do capital do PanAmericano. O negócio foi firmado após a aprovação da operação pelo Banco Central.
Mercados - As ações do PanAmericano fecharam nesta terça-feira no menor valor desde 3 de novembro de 2009, cotadas a 6,77 reais. A queda de 6,75% no dia foi a maior desde a registrada em 4 de fevereiro deste ano, quando as ações do banco recuaram 7,1%.

Sobre o ENEM

A cara de pau do Sinistro da (des)Educação Fernando Haddad é imensurável. Desde 2009, quando do escândalo do vazamento das provas, seguido de nova edição do concurso, coberto de suspeitas de superfaturamento; até nesse ano, quando a insuspeitíssima gráfica da Folha de São Paulo, ganhou a licitação com preços, digamos, um pouco altos; as desculpas e esclarecimentos são geniais.
A então candidata Dilma Roussef, chegou a dizer que a oposição tinha o maior interesse em "desacreditar o ENEM" uma vez que esse seria usado para o vínculo ao PROUNI.
Com novo fiasco esse ano, o ENEM, uma maravilhosa ferramenta que atenua os traumas vividos por todos os estudantes que têm que se submeter a um exame de vestibular, foi criticado até pelas entidades de representação destes mesmos estudantes; a UNE e a UBES.
Diga-se de passagem que essas duas organizações só se manifestaram depois de muita pressão dos jovens pois, subsidiadas e sustentadas que são pela união, se sentiram constrangidas a protestar.
Tenho filhos de amigos e parentes envolvidos no ENEM e isso me obriga a acompanhar bem de perto, de tal forma que um fato dessa natureza que deixa mais ainda revoltado.
Sei bem o que é isso. Já passei por vestibular e acompanhei muitos outros com emoção.
Aliás, cheguei a fazer um comentário sobre o tema no Blog O Coturno Noturno cujo editor me deu a honra de transformar em postagem, e que aqui reproduzo(http://coturnonoturno.blogspot.com/2009/10/do-comentarista-ajuricaba.html).
Acompanhemos com atenção, pois uma falha clamorosa dessas pode prejudicar a vida de milhões de brasileiros para sempre.

Voltando ao Éter

Depois da tempestade de domingo, quando queimou o modem, só hoje a Net veio trocar.
Menos mal. Ainda não consegui por a rede para funcionar, mas só vou ver isso mais tarde.

domingo, 7 de novembro de 2010

Oração para um Bom Envelhecimento


Não sei quem é o autor. Recebi por e-mail. Mas é genial.


Ó Senhor, tu sabes melhor do que eu que estou envelhecendo a cada dia.
Sendo assim, Senhor, livra-me da tolice de achar que devo dizer algo, em toda e qualquer ocasião. Livra-me, também, Senhor, deste desejo enorme que tenho de querer pôr em ordem a vida dos outros.
Ensina-me a pensar nos outros e ajudá-los, sem jamais me impor sobre eles, mesmo considerando, com modéstia, a sabedoria que acumulei e que penso ser uma lástima não passar adiante. (ESTA É ÓTIMA, NAO É ???)
Tu sabes, Senhor, que desejo preservar alguns amigos e uma boa relação com os filhos, e que só se preserva os amigos e os filhos quando não há intromissão na vida deles
Livra-me, também, Senhor, da tolice de querer contar tudo com detalhes e minúcias e dá-me asas no assunto para voar diretamente ao ponto que interessa.
Não me permita falar mal de ninguém. Ensina-me a fazer silêncio sobre minhas dores e doenças. Elas estão aumentando e, com isso, a vontade de descrevê-las vai crescendo a cada dia que passa.
Não ouso pedir o dom de ouvir com alegria a descrição das doenças alheias; seria pedir demais. Mas, ensina-me, Senhor, a suportar ouví-las com alguma paciência.
Ensina-me a maravilhosa sabedoria de saber que posso estar errado em algumas ocasiões. Já descobri que pessoas que acertam sempre são maçantes e desagradáveis.
Mas, sobretudo, Senhor, nesta prece de envelhecimento, peço:Mantenha-me o mais amável possível.
Livrai-me de ser santo. É difícil conviver com santos!
Mas um velho ou uma velha rabugentos, Senhor,é obra prima do capeta!!!!!Me poupe!!!Amém!

Herança Maldita?

Daqui a oito semanas, mais precisamente num sábado, 1º de janeiro (veja contagem regressiva ao lado), Noço Líder Lula vai passar para Dilma Rousseff a faixa presidencial.
Bom, sadio e democrático.
Mas junto com a festa da posse vem uma conta bilionária a ser paga no primeiro ano do novo governo.
O tamanho exato do rombo ainda não está bem definido e somente será conhecido em janeiro. Mas sabe-se, por exemplo, que, se o presidente decidisse não gastar mais um único centavo em novos projetos a partir desta segunda-feira - o que é absolutamente improvável e impossível -, deixaria uma herança de R$ 50,7 bilhões em débitos a pagar no Orçamento de 2011, apenas por obras e serviços já encomendados (construção de habitações, barragens, postos de saúde, manutenção de estradas, etc).
Essa pequena conta pendurada até a semana passada já é maior que a soma dos investimentos em obras (R$ 43 bilhões) no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) previstos para o ano que vem, e nada mais é que o resultado de uma gastança desenfreda feita por Lula com o devido conhecimento de Dilma, que conduziu o PAC quando chefiava a Casa Civil.
É, principalmente, a demonstração de um governo que primou pela expansão de uma grande máquina burocrática, que ele mesmo consolidou com a acomodação de milhares (falam em 150.000) de cumpanherus em bocas, boquinhas e bocarras do serviço público federal, incluindo as estatais.
Se fosse recebido de outro, seria uma Herança Maldita.