Read In Your Own Language

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A Verdadeira Ação Feminista

Original Publicado Por Elaíze Farias - Jornal A Crítica - Caderno Amazônia - 11/11/2010


A índia Leiciane Costa da Silva (15 anos) da etnia satarê-maué, em sua língua chamada de Atwãma, tornou-se a primeira mulher a participar do Ritual da Tucandeira; cerimônia até então reservada aos meninos que migram da infância para a vida adulta.

As luvas de palha contêm dezenas de formigas Tucandeiras, inseto de cerca de 2 cm, cuja ferroada e injeção de veneno provoca dores lancinantes, e efeitos colaterais imprevisíveis, pelas consequências alergogênicas. São colocadas sobre ambos os ante-braços e mãos do candidato pelo cacique, que decide o tempo de aplicação e a quantidade de repetições do "teste".




Perguntada pela reportagem sobre a razão de se submeter ao teste, Atwãna disse que "queria demonstrar que as mulheres são tão valorosas quanto os homens e que também podem ser guerreiras".

Atwãna é nascida em Barreirinha, mora em Manaus na comunidade Waikiru e cursa a sétima série do ensino fundamental.

Até então, o ritual feminino estava restrito à primeira menstruação, quando a índia fica presa em uma oca isolada por 2 meses e seu corpo passa por lacerações igualmente dolorosas, após o que é tratado com cicatrizantes naturais, como óleos de copaíba e andiroba (árvores nativas), além de aplicação da compressas de mangarataia (gengibre).


Comento:

É mais uma demonstração de que guerreiros de ambos os sexos surgem a cada momento no Brasil; cabe-nos descobrí-los e valorizá-los. Um exemplo desses é louvável e merece todo o destaque. Que sirva de exemplo para todos os homens e mulheres que precisam demonstrar seu caráter e comportamento ético num país povoado de pessoas que apregoam e praticam a "Lei do Gérson", querendo levar vantagem em tudo.

Ah! Só prá lembrar: aqui tem tucandeira prá dar com o pau. façam suas encomendas.

Relevante: Não dei o devido crédito às fotos quando fiz o post. FALHEI.



3 comentários:

Velvet Poison disse...

Que bonito, isso.

As tradições de nossas regiões são expressão máxima da nossa cultura. Adoro!

Ban disse...

na minha opinião, ela é besta.
Ta certo q eu falo isso como pessoa nascida de uma cultura em que mulher nao sofre tanto preconceito...

ta certo q eu falo isso como uma pessoa q nao precisou se mutilar ou ser mordida por centenas de formigas assassinas pra provar alguma coisa...

Eu sou a única mulher num setor de ti, mas nao fiz isso pq quis provar algo de forma feminista. Aconteceu pq é um trabalho q me dei bem...

e sempre fui cercada de amigos homens, sempre estive em profissoes e aulas onde é dominante o sexo masculino. Mas, repito, foi algo q aconteceu, nao é uma luta minha.

enfim...

Anônimo disse...

OLÁ AJURICABA.

INFORME NO SEU BLOG SOBRE AS DERROTAS DOS POLÍTICOS. ME FALE SOBRE ARTHUR VIRGÍLIO (EU ACHO QUE FOI UMA PERDA IMPORTANTE PARA O SEU ESTADO), ESCREVA QUE O MEU BLOG TRANSCREVE CITANDO A SUA FONTE.

ABÇS DO BETO CRITICA.