Read In Your Own Language

sábado, 29 de janeiro de 2011

Phil Collins 60 Anos

Dúvida Atrós

Numa safra de denúncias sobre aposentadorias escandalosas pelo Brasil afora, uma dúvida atrós assoma esse pobre cacique.
Porque só os que trabalham anos a fio e recolhem religiosamente sua contribuição à previdência social pública e, muitas vezes, à previdência privada, são submetidos ao redutor chamado fator previdenciário, e só pode se aposentar depois de no minimo 35 anos de contribuição e 55 anos de idade? Sem esquecer que em ambos os casos existem limitadores ao valor de teto.
Gostaria de saber a pessoa capaz de reponder porque politicos, governadores, terroristas, assassinos, ladrões e outros presidiários, além de outras classes não produtivas e que não contribuem com nada apenas com gastos, recebem de pensão mais de 5 vezes o máximo que um trabalhador pode receber?
A eles não se aplica nenhum fator previdenciário, tempo mínimo de contribuição e nem tempo de serviço, ou seja a qualquer momento se aposenta com R$ 15, 20, 30 mil.
Não é um absurdo que eles que fazem as leis e nós, os otarios, pagamos. Por que será que as leis desde pais são apenas de descriminação, para que trabalha só tem imposto, para que não faz nada tem mordomias, é assim que funciona a democracia???
Por favor quem souber de uma resposta aplausiva, favor me informar.

As Manifestações no Sul do Mediterrâneo

Eis que de repente surgem movimentos de insurgência democrática em vários países do sul-sudeste do Mar Mediterrâneo e cercanias. Ditadores históricos, governos perpetuados à força, regimes familiares e hereditários, passam a ser confrontados por suas populações, liderados de início pelos estudantes.
AH...Os estudantes. Que saudade da velha e combativa UNE antes do assalariamento oficial de seus dirigentes atuais.
Mas vamos em frente.
As manifestações ocorrem em diversos países, com destaque para o Egito, governado com mão de ferro por Hosni Mubarak, no poder há mais de 30 anos.
Os protestos se iniciaram há quatro dias e tomaram conta das ruas de várias cidades do Egito. Segundo a Folha de São Paulo, que tomamos como base para este texto, assim como as outras fontes citadas, "eles começaram a ser planejados há um ano pela internet, de acordo com relato de um jovem egípcio que mora no Brasil e voou para o Cairo na quarta-feira (26) para aderir às manifestações". Este jovem é Estudante da USP, mas pediu para não ser identificado por questão de segurança.
"A juventude está bem organizada nas ruas, nosso método de manifestação é pafícico. Estamos isolados, sem internet, sem celular, apenas com telefone fixo. Eu fiz vários vídeos dos protestos nas ruas, mas não tenho como enviar para serem publicados por jornais no exterior", contou o egípcio, que vive no Brasil há três anos.
Um dos baluartes do movimento é o prêmio Nobel da Paz Mohamed El Baradei, que participou ativamente das ações nas ruas, até que foi decretada sua prisão domiciliar. Fala-se na imprensa nacional e internacional (vi e ouvi bastante a CBN, Al Jazeera e CNN) que ele já se preparava para sair novamente do Egito na noite desta sexta-feira, por questões de segurança.
Os dados disponíveis registram coisa de mais de 300 pessoas feridas e 1.500 detidos. Sobre mortes os dados variam entre 5 e 10, dependendo da fonte. Para fugir da retaliação, os manifestantes se alternam e mudam constantemente de lugar, conforme imagens que assisti na CNN. (Ver infográfico ao final).
Do lado dos manifestantes, eles já destruíram sedes do partido governista em vários pontos do país, e anunciam que vão tentar tomar o palácio presidencial e as emisoras de rádio e TV estatal.
Tem fofoca prá todo lado uma hora dessas. Fala-se que Mubarak e família teriam fugido; uns dizem para Londres; outros para Paris.
Para tentar conter a força da massa, Mubarak ampliou nesta sexta-feira o toque de recolher para todo o Egito, a partir de 18h local (14h de Brasília) até as 7h (3h de Brasília). As cenas são de caos e confrontos, em meio a carros e prédios incendiados.
Vê-se pela TV veículos blindados nas ruas, fumaça e labaredas de prédios e carros em chamas e núvens de gás lacrimogêneo lançado pela polícia.

Os manifestantes começam pouco depois do meio-dia, no final das orações muçulmanas da sexta-feira, e se estendem rapidamente por diferentes setores da capital egípcia e outras cidades do interior do país, gritando palavras de ordem como "saia, saia, Mubarak". Eles lançam pedras e sapatos contra as forças de segurança, que não pouparam jatos de água, gás lacrimogêneo e balas de borracha para contê-los.
Oxalá sejam atingidos os objetivos do movimento e o ditador seja deposto. Porém, cabe ficar muitíssimo atento para que o movimento não se transforme numa nova guerra santa absurda, conduzida por radicais islâmicos, ao estilo do imposto ao Irã pelos ayatolás.
Que os povos do oriente saibam achar seus caminhos e que haja o mínimo de mortes e feridos possível. Que Alá os proteja.Fontes: Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, O Globo, CBN, CNN, Al Jazeera

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Repetindo Vira Verdade, by Göebbels

Todo mundo já leu sobre um tal de PAC. Uma "prateleira de projetos", sonhados mas nunca materializados, exceto nas cabeças dos administradores atuais e passados, principalmente na época em que o EX se lançou frenetivamente numa epopéia de inaugurações de placas, canteiros de tratores cedidos, pedras fundamentais, prédios só com cascas e muito mais, no período eleitoral ilegal de dois anos. Pouco, ou quase nada, efetivamente aconteceu até o fim.
Pois não é que o troço virou regra...
Dona deelma adotou a prática e chegou a ser enfática quando garantiu ontem dia 27, que não fará cortes nas obras previstas no tal plano. "Nós não vamos contingenciar o PAC. Vou repetir isso três vezes e quantas vezes for necessário", disse, repetindo realmente a frase, quando respondeu aos jornalistas sobre afirmativas de seus próprios ministros de que haveria cortes.
Com o pezinho atrás, tomou o cuidado de lembrar que "é óbvio que nós temos hoje um volume de obras que nunca tivemos no Brasil" (uma variante de nuncaaintisnaistóriadeçepaiz) , e que parte delas estão dentro do primeiro PAC e parte dentro do segundo. O fato é que o Brasil mudou. Investimento é uma coisa que se espalha", disse. (Mas fofoca e mentiras também né?)
A falácia fez parte da cena circense do anúncio de "doação" de duas mil unidades habitacionais por parte de 12 empresas da construção civil para desabrigados da região serrana do Rio e para anunciar que ainda serão incluídas mais seis mil casas do Programa Minha Casa, Minha Vida. Num arroubo da insanidade, dona deelma não deixou de destacar que o Programa já identificou os gargalos do setor, reduziu prazos e custos e permitiu que as pessoas com até três salários mínimos (rs rs) de renda possam comprar um imóvel, que custaria em média R$ 42 mil.
Como o sonho, ops, o programa prevê, somente no Rio, 22 mil unidades, precisou afirmar que "Parte dos recursos que estamos antecipando para a região serrana já integra o Programa Minha Casa Minha Vida 2", disse.
Assim, numa eventual falta de casas, "as demais ficarão para uma etapa posterior".
Achando pouco, a presidente determinou que seja reestruturada de imediato a Defesa Civil, com instalação de uma unidade em cada município.
"Com os recentes eventos da natureza, como Katrina, tsunamis e furacões em todo o mundo, precisamos de unidades emergenciais municipais que orientem a população sobre o que fazer", disse, lembrando que também serão priorizados recursos do BNDES para um mapeamento de áreas de risco, bem como equipamentos para "evitar catástrofes".
Mel Dels. Como já dizia Göebbels, uma mentira repetida seguidamente vira verdade. Já vimos isso nesses oito anos passados.
Anota aí prá conferir depois; lembrando que falta pouco mais de um mês para o ziriguidum, e o povão nem vai se lembrar disso.
Skindô, Skindô.

Tratando o Povo Como Gado, Vão Fazendo Rodízio

Às vezes eu penso que deveria ser mais sério nas postagens aqui na tribo. Mas eles não me deixam. Vê se uma coisa dessas não é cômica....
Numa solução salomônica para o impasse entre as ambições pessoais dos senadores Marta Suplicy (PT-SP) e José Pimentel (PT-CE), que disputam a indicação para a primeira vice-presidência do Senado, o PT vai "dividir" o cargo entre os dois litigantes: cada um vai ficar por um ano, do mandato total de dois, na Mesa Diretora; com o compromisso de no ano seguinte, aquele eleito para o primeiro ano no cargo renuncia para o outro assumir. Os dois estavam fazendo campanha dentro do partido em busca de votos e não estavam dispostos a abrir mão da vaga, o que ia gerar um racha.
Em uma instância extrema poderia permitir uma terceira (ou quarta) candidatura e o PT ficar fora.
Com a possibilidade de "dividirem" a gestão, as belezuras ainda têm que resolver um impasse danado: qual deles vai assumir o cargo no primeiro ano do mandato? Claro que pela simples razão de que cachorro mordido de cobra, tem medo de linguiça. O primeirão vai renunciar mesmo?
Na mesma genial balada, será decidida a indicação para a presidência da CAE (Comissões de Assuntos Econômicos), uma pérola da coroa; disputada entre os senadores Delcídio Amaral (PT-MS) e Eduardo Suplicy (PT-SP), aquele da cueca vermelha por fora da calça e que teve, digamos, um assunto mal resolvido de enfeitamento de fronte com a senadora.
Os dois vão dividir o comando da comissão, permanecendo cada um ano no cargo.
Agora diz: dá prá ser sério aqui?
Tá; às vezes dá.

Droga Prá Combater a Droga

Nem bem sentou na cadeira, e a nova Secretária Nacional de Políticas Sobre Drogas Paulina Duarte, já se vê enrolada.
Surgiu a informação de que dona Paulina estaria envolvida em favorecimento de sua orientadora no curso de mestrado a professora Beatriz Carlini Marllat, para desenvolver uma cartilha sobre consumo de alcool entre os jovens, através da contratação sem licitação com a Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicas, quando Paulina era diretora de Prevenção e Tratamento na Senad. Valor da tramoia: cerca de R$ 88.000,00.
Desnecessário dizer que a tal orientadora não possui nenhum vínculo com a fundação.
O chuncho começaria por aí, mas ainda há fortes indícios de direcionamento por parte de Paulina.
Seguindo a sequência natural do procedimento dos representantes do governo, o primeiro passo já foi dado: Paulina disse que não comentaria a acusação e O Ministério da Justiça afirma que não vai se pronunciar porque a Justiça Federal ainda não decidiu se aceitará a denúncia do MP.
Conhecendo-se que os próximos passos é dizer que não sabia, que foi traida e que vai repor, completando a rotina de emadeiramento facial vigente.
Mais ainda: os procuradores afirmam ainda que a cartilha não serve prá po**a nenhuma pois traz informações incorretas sobre o objeto de seu conteúdo.
O Pedroca Abramovay, seu antecessor, já foi prá rua por fazer a besteira de anunciar que seria política dele não condenar pequenos traficantes, pois o faziam apenas para sustentar seus próprios vícios. Pensava assim criar uma infinita legião de "aviões" do tráfico. De repente até serviriam na concorrência da FAB, sei lá.
Mas o que se destaca é o fato de não se conseguir nomear ninguém que não estaja enrolado e comprometido nesse governo?
Não tem nenhuma droga de pessoa prá cuidar das drogas no Brasil?

Plácido Domingo 70 Anos

Uma grande voz. Nossa homenagem e admiração.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Imposto Que Vai, Não Volta


Escrevi aqui que a penalização dos assalariados pelo não reajuste da tabela progressiva de retenção na fonte do Imposto de Renda é de uma crueldade tributária inadmissível. Vejam os detalhes na postagem.
Na pendenga de percentual de reajuste do salário mínimo, surgiu um levíssimo alento de que poder-se-ia proceder a um alinhamento de seus valores de referência, ao menos para reposição inflacionária desde a última ocorrência, o que já seria uma brutalidade contra os expoliados pelo leão.
Um dia depois de um dos sinistros anunciar que a tabela do Imposto de Renda pode ser corrigida em 4,5%, o titular da Fazenda, a margarina que realmente manda, chega candidamente e afirma com todas as letras que "o assunto não está nem em estudo pelo governo".
Ou seja, a divulgação feita na noite ontem, por Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência, a quem se supunha também ter voz para tal tema, foi categoricamente desmentida.
Por mais que as centrais sindicais esperneiem na defesa de um mínimo de R$ 580, o governo vai manter o valor que tiraram da cartola de R$ 545,00 somente Cincão acima do que o EX havia decretado por Medida Provisória antes de sair.
O açucarzinho de reajuste de tabela nem fu*****.
Ou seja, VAI AUMENTAR O IMPOSTO SIM, sendo pago pela classe média assalariada e desprotegida há anos e que, com a sanha gastadora dos que aí estão, verá cada vez mais ser mal utilizada.
Oremos.

Depois Vão Mudar a Própria Bandeira

As Bandeiras que ficavam hasteadas nos Palácios do Planalto e da Alvorada sempre que presidente estivesse lá, não vai mais seguir essa tradição. No último dia de mandato, o EX derrubou o decreto que previa a regra.
Portanto, no governo de dona deelma deixou de vigorar um protocolo de quase 40 anos segundo o qual a bandeira nacional e a bandeira verde com o brasão da República, chamada de Pavilhão Presidencial, ficavam hasteadas sempre que o chefe de Estado estivesse nos edifícios.
A norma foi adotada em um decreto de 1972 do então presidente Emílio Garrastazu Médici; mas foi revogada pelo decreto 7.419/2010, publicado no último dia do governo do EX, em mais uma atitude feita na calada da noite.
Segundo informações do Planalto, o EX manifestou diversas vezes, em seus oito anos de mandato, a intenção de revogar o decreto. Durante o governo dele, em alguns momentos a bandeira permaneceu hasteada mesmo quando ele não estava no local, contrariando o decreto.
Em várias ocasiões, durante a corrida presidencial de 2010, a agenda do EX dizia que ele estaria no Palácio da Alvorada, quando, de fato, ele estava gravando propaganda política para a então candidata deelma.
Naqueles dias as bandeiras permaneceram hasteadas na residência oficial. Apesar de sempre desejar acabar com a regra instituída por Médici, a revogação do decreto teria sido feita com o consentimento de deelma, que usufruiria da decisão.
O argumento oficial para derrubar a norma é dar maior privacidade e mobilidade ao presidente.
Deelma mesma, por duas vezes, deixou Brasília com destino a outros estados - no caso São Paulo e Rio Grande do Sul - e a informação do local de desembarque só foi confirmada horas depois pela assessoria.
Com a revogação do decreto, o Pavilhão Presidencial só será arriado quando a presidente deixar a cidade.
Ou seja; o sinal visível de que o ocupante do cargo está trabalhando no Palácio do Planalto ou no Palácio da Alvorada deixa de existir porque não se pode saber que a presidente não está trabalhando.
Depois vai sair uma declaração sobre questão de segurança nacional, igual aos exorbitantes gastos dos cartões corporativos.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Sexo Seguro, Uma Nova Visão

Recomendamos que antes de transar, consulte um advogado. Acha que é exagero?

Você lembra do tempo em que "sexo seguro" significava usar camisinha para evitar doenças sexualmente transmissíveis e gravidez? Esqueça, esses tempos terminaram. Confira aqui as dicas para sexo seguro que um homem deve observar no mundo feminista moderno!
A coisa está ficando assim: sabe aquela gatinha que você conheceu na balada, que deu a maior mole, você convidou para um motel e ela topou?
Primeiro leve a garota à uma emergência hospitalar e solicite um teste de dosagem de álcool e outros entorpecentes, para evitar acusação de posse sexual mediante fraude.(Art. 215 CPB)
Depois passe com ela em um cartório e exija que ela registre uma declaração de que está praticando sexo consensual, para evitar acusação de estupro. (Art. 213 CPB)
Exija também o registro de uma declaração de que ela está praticando sexo casual, para evitar pedido de pensão por rompimento de relação estável. (Lei 9.278, Art. 7)
Depois vá a um laboratório e exija o exame de beta-HCG (gonadotrofina coriônica humana) para ter certeza que você não é o pato escolhido para sustentá-la na gravidez de um bebê que não é seu. (Lei 11..804 Art. 6)
No motel ou em casa, use camisinha e nada de "sexo forte" pra evitar acusações de violência doméstica e pegar uma Maria da Penha nas costas.
Além disso, você deve paparicá-las, elogiá-las, jamais criticá-las ou reclamar coisa alguma, devem ser perfeitos cavalheiros, para não causar qualquer "sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral", para que não gere obviamente os mesmos direitos em contrapartida.(Lei 11.340 Art. 5)
Na saída do motel leve-a ao Instituto Médico Legal e exija um exame de corpo de delito, com expedição de laudo negativo para lesões corporais(Art. 129 CPB) e para presença de esperma na vagina, para TENTAR evitar desembolsar nove meses de bolsa-barriga caso ela saia dali e engravide de outro. (Lei 11.804 Art. 6)
Finalmente, se houver presença de esperma na vagina da moça, exija imediatamente uma coleta de amostra para futura investigação de paternidade (Lei 1.060 Art. 3 inciso VI) .

Fazendo tudo isso, você pode fazer "sexo seguro"........ se ainda estiver interessado.

Eletrocussão: Mais de Duas por Dia?

Foto: Juliana Cardilli - G1 São Paulo

Ontem houve um acidente num hangar de uma empresa aérea no aeroporto de Congonhas em São Paulo, onde morreram duas pessoas e uma terceira foi levada seriamente queimada para o hospital, isso me inspirou a fazer um alerta aos leitores do blog.
Descontados alguns erros técnicos da matérias veiculadas pelos orgãos de imprensa, as vítimas foram submetidas a uma descarga fase-terra de um ramal de alimentação de uma subestação daquela empresa, como destacado na fotografia acima; onde se pode observar a haste metálica com que trabalhavam e os cabos da alimentação da instalação, sendo submetidos a uma diferença de potencial da ordem de 8.000 Volts.
Testemunhas no local descrevem que ouviram e/ou viram sons de explosões e chamas altas, efeitos decorrentes do súbito e violento aterramento dos cabos energizados; quando as correntes circulantes são de algumas dezenas de milhares de amperes, comparando-se àquelas de descargas diretas de raios
Embora sejam aterrorizantes quando divulgados em larga escala como foram, as imagens e o fato não são, lamentavelmente, de forma nenhuma raros e inusitados.
Há algum tempo, fiz, com um amigo, um estudo para a concessionária onde trabalhávamos sobre "Acidentes com Terceiros" onde pudemos realizar uma razoável pesquisa sobre acontecimentos semelhantes e, na ocasião, consultando vários colegas país afora, chegamos a dados que comprovaram que tais ocorrências têm média quase que de duas por dia.
Com o crescimento do alcance das redes elétricas e das prestadoras de serviço sem o adequado preparo, estimo que essa média hoje em dia seja infelizmente muito maior.
A visão de um eletrocutado é absolutamente aterradora. Queimaduras de grandes proporções, lacerações profundas e cozimento de orgãos internos são decorrência da altíssima temperatura decorrentes das chamas e da própria circulação de corrente pelo corpo das vítimas.
Mesmo aos que convivem com tais quadros, como os profissionais de saúde, eles são inquietantes, para dizer o mínimo. Imagine portanto, aos engenheiros que têm que acompanhar perícias e necrópsias. Permanecem para sempre na lembrança.
Legalmente cabe processos criminais e civís, nas esferas respectivas e ainda processos trabalhistas, envolvendo contratantes e contratados pelos serviços.
Um queridíssimo professor nos dizia na escola de engenharia que: "a eletricidade é a ciência da fé. Nada gira, nada se move, quase nada faz som. Você tem que acreditar que está ligado e do perigo que representa". Acrescento que quando se vê ou ouve alguma coisa, é tarde e o acidente já aconteceu, sendo normalmente fatal ou muito grave.
Não improvise com eletricidade. Não tente socorrer um acidentado sem conhecimento, você pode ser mais uma vítima.
Uma gracinha que pode matar: o cidadão resolve fazer xixi numa cerca elétrica. A urina é um eletrólito e conduz eletricidade. Alertem principalmente aos jovens.
Mesmo me sentindo tentado a colocar aqui algumas imagens para ilustrar o texto, não o farei para poupar os leitores do caráter assustador delas.
Recomendo a seguir alguns links, para os que não se impressionarem com as imagens.

Uma Coisa é Uma Coisa...

...E outra coisa é outra coisa. Lembra o Cláudio Humberto alguns absurdos que se comete em termos de remuneração neste país. Para dirigir carros oficiais, por exemplo, um motorista do Senado ganha até R$ 19 mil, enquanto o comandante de fragata da Marinha recebe R$ 8 mil. Na Câmara, há ascensorista recebendo R$ 10 mil para pilotar elevador; na FAB, um piloto de jato de combate Mirage percebe R$ 7.428 por mês. Brutos...
O diretor que chefiou a garagem do Senado ganha o dobro dos R$ 12,1 mil pagos a general do Exército que comanda regimento de blindados
Determinada a acabar em seu governo com as distorções salariais no serviço público, a presidenta Dilma Rousseff viajou ontem 25/01 a São Paulo ao lado de um exemplo disso: o coronel aviador que pilota o avião presidencial de US$ 156 milhões ganha apenas R$ 8.900,00 de salário, enquanto o delegado-piloto do jato Embraer 145 da Polícia Federal, de R$ 50 milhões, recebe R$ 19.900,00 mensais, como, aliás, é justo

Splaaasshh

Depois você reclama quando um carro passa numa poça e lhe salpica água...

video

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Tom Jobim

Hoje completaria 84 anos o maestro Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim. Grande falta na música brasileira. Adoro essa canção.

Demitidos, Pero No Mucho

Dona deelma vai demitir essa semana o velhinho taradão do Planalto, o ministro do Turismo Pedro Novais. Não se empolgue, não será por causa da história da festinha íntima no motel maranhense e reembolsada pelo Congresso. O fato está relacionado à necessidade dele assumir o mandato para o qual foi eleito em outubro, assim como outros ministros-parlamentares. Assim que assumirem, os ministros pedirão licença do cargo e serão reconduzidos ao governo.
Além do garoto-propaganda da pfizer-viagra, fazem parte da lista dos primeiros ministros a serem demitidos Luis Sergio, Iriny Lopes, Alfredo Nascimento e Edison Lobão.

Satisfação Garantida ...

... Ou se dinheiro de volta.
Esse slogan margeia os anúncios de propaganda das "boas casas do ramo". Calcado nesse bordão, foi desenvolvido e implantado o Código de Defesa do Consumidor.
Pois bem, acho que caberia à Master Top Linhas Aéreas S.A. a famosíssima MTA, aquela com negócios milionários com os Correios; invocar os preceitos do Código e acionar a patota de Tia Erenice Guerra, a quem supostamente pagou "taxas de sucesso" para aplainar eventuais arestas de seus negócios. A ECT publicou na edição de segunda-feira (24) do Diário Oficial da União aviso de penalidade à MTA, segundo a qual está impedida de celebrar qualquer negócio com os Correios durante cinco anos.
Para ter os negócios facilitados a MTA pagou caro pelo suposto lobby exercido pela empresa Capital Assessoria e Consultoria, empresa de propriedade de Israel Guerra, um dos filhos de tia Erê, pessoa de confiança da dona deelma.
A tchurma nega as acusações, mas os que pagaram propina ao grupo continuam confirmando as declarações dadas por ocasião das primeiras notícias sobre o caso.
A penalidade à MTA era o mínimo que deveria acontecer, mas a patota que recebeu a propina deveria devolver a grana, para fazer valer o dito popular.
A Ver.

O Encontro das Águas



O Encontro das Águas

Magistral como o cearense Quintino Cunha (1875-1943) descreve o espetáculo do encontro das águas do Rio Negro com o Rio Solimões, no extremo leste da cidade de Manaus.

Vê bem, Maria aqui se cruzam: este
É o Rio Negro, aquele é o Solimões.
Vê bem como este contra aquele investe,
como as saudades com as recordações.

Vê como se separam duas águas,
Que se querem reunir, mas visualmente;
É um coração que quer reunir as mágoas
De um passado, às venturas de um presente.

É um simulacro só, que as águas donas
D'esta região não seguem o curso adverso,
Todas convergem para o Amazonas,
O real rei dos rios do Universo;

Para o velho Amazonas, Soberano
Que, no solo brasílio, tem o Paço;
Para o Amazonas, que nasceu humano,
Porque afinal é filho de um abraço!

Olha esta água, que é negra como tinta.
Posta nas mãos, é alva que faz gosto;
Dá por visto o nanquim com que se pinta,
Nos olhos, a paisagem de um desgosto.

Aquela outra parece amarelaça,
Muito, no entanto é também limpa, engana:
É direito a virtude quando passa
Pela flexível porta da choupana.

Que profundeza extraordinária, imensa,
Que profundeza, mais que desconforme!
Este navio é uma estrela, suspensa
Neste céu d'água, brutalmente enorme.

Se estes dois rios fôssemos, Maria,
Todas as vezes que nos encontramos,
Que Amazonas de amor não sairia
De mim, de ti, de nós que nos amamos!

Sobre Pensão de Ex-Governadores

Via Folha de São Paulo


O conselho federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) irá ajuizar na próxima semana três processos contra aposentadorias dadas a ex-governadores.
As ações diretas de inconstitucionalidade questionarão as pensões de ex-governadores de Sergipe, Paraná e Amazonas.
A entidade quer que o STF (Supremo Tribunal Federal) edite uma súmula vinculante no julgamento do primeiro caso. No entanto, a OAB promete entrar com novas ações.
"Esses são privilégios espúrios que agridem a sociedade brasileira", afirmou o presidente da OAB, Ophir Cavalcante, após reunião com o vice-presidente Michel Temer no Palácio do Planalto.
Em 2007, o Supremo cassou as aposentadorias de ex-governadores de Mato Grosso do Sul a pedido da OAB.
A Folha revelou nesta segunda-feira que Hercília Catharina da Luz, 89, filha de Hercílio Luz, que governou Santa Catarina por três mandatos na República Velha (1889-1930), recebe atualmente R$ 15 mil por mês dos cofres públicos.
Desde 1992, ela é beneficiada por uma lei complementar do Estado que garante a pensão para viúvas e filhos de ex-governadores.
Hercília é a última filha de Hercílio Luz ainda viva. O governador, que morreu em 1924, teve 19 filhos. Até 2010 ela foi dona de um cartório em Florianópolis.
Os Estados brasileiros gastam ao menos R$ 30,5 milhões por ano com essas aposentadorias. Com esse valor seria possível erguer 800 casas populares.
Apesar de a Constituição Federal de 1988 ter eliminado as pensões para ex-presidentes, os benefícios continuam sendo pagos a ex-governadores de ao menos dez Estados (AM, MA, MG, PA, PB, PR, RO, RS, SE e SC).
Em outros oito, apesar de a aposentadoria ter sido extinta, quem obteve o benefício anteriormente segue recebendo. Ao todo, o pagamento beneficia 127 pessoas, entre ex-mandatários e viúvas.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Será Que é Verdade?

Uma fofoca...Um cidadão que trafega bem no Palácio do Planalto me contou que o doutor Haddad foi explicar prá dona deelma as enroladas de ENEM, SiSU e demais mazelas do MEC.
No meio do papo, ela teria cobrado dele porque demorou tanto prá ir lá pedir a benção.
Quando ele disse que estava de férias, caiu o mundo:
A bichinha palanqueira teria berrado alto e bom som "Férias é o cara*%#$@. Tem é que trabalhar prá consertar essa po**a toda".
Se serve de consolo, um esporro desses lava a alma.

Começou a Temporada de Candidatura

Via O Estado de São Paulo




Durante a gestão do EX, o Brasil fez vária campanhas que terminaram em fracassos no campo diplomático. Ao término do mandato dele, a área ficou entre as mais controversas.
A primeira batalha diplomática do governo de dona deelma será aberta, oficialmente, hoje. Depois de protocolar a candidatura do ex-ministro José Graziano à direção-geral do Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês) na sexta-feira, a briga pelo cargo estará aberta. Questão de honra para o País, a campanha de Graziano deixa de lado o tom diplomático e critica abertamente a possível indicação de um europeu, antecipando o que deve ser a maior disputa pelo cargo.
O principal rival do ex-ministro brasileiro deverá ser Miguel Ángel Moratinos, ex-chanceler espanhol. Apesar de as candidaturas só serem confirmadas na primeira semana de fevereiro, Moratinos já declarou que disputará. A munição brasileira será esta: como ele, um representante da região que mais investe em subsídios para o setor agrícola, pode querer dirigir um órgão que tem como meta promover a agricultura dos países mais pobres? O fim dos subsídios para setores agrícolas de exportação tem sido uma das maiores batalhas da FAO.
O atual diretor-geral, o senegalês Jacques Diouf, é abertamente crítico, responsabilizando os europeus pela dificuldade de os países mais pobres desenvolverem sua agricultura e encontrarem mercado para seus produtos. Em 2010, os europeus gastaram quase 40 bilhões apenas em subsídios.
A campanha brasileira mira diretamente os países do hemisfério sul. Já obteve apoio oficial do Mercosul e da Unasul - os grupos que representam a América do Sul - e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que inclui Portugal, Timor Leste, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Na semana que vem, Graziano vai à África, durante a Cúpula das Nações Africanas, angariar votos. Também deve garimpar mais adesões, com a presidente, durante o encontro América do Sul-Países Árabes (Aspa) em Lima (Peru) em fevereiro. Tem ainda a simpatia de caribenhos e outros latino-americanos, incomodados com a possibilidade de um europeu assumir o cargo.
Sem nenhum brasileiro em cargos de destaque em organismos internacionais e amargando algumas derrotas nessa área, a candidatura de Graziano, é vista como a confirmação do status que o País conquistou nos últimos anos e tem o engajamento pessoal do EX e da atual presidente.
O tema central da FAO, o combate à fome interessa diretamente ao Brasil.
Chances. A avaliação do Itamaraty é que as chances de Graziano - responsável pela criação do programa Fome Zero no primeiro mandato do EX - são muito boas. A eleição é feita em rodadas sucessivas, em que o menos votado é eliminado. A expectativa é que Graziano chegue à rodada final da eleição e obtenha cerca de 75 votos, pouco mais da metade dos que devem estar presentes na eleição, em junho em Roma.
A expectativa é que o brasileiro tenha Moratinos como adversário final e a votação pode ser apertada. Apesar de não ter automaticamente o voto dos países desenvolvidos, a força do espanhol pode vir de uma polarização Norte- Sul na eleição.
Moratinos vai usar o fato de a Espanha ser o hoje o maior contribuinte individual da FAO - 40 milhões. Ao mesmo tempo, sua campanha chegou a espalhar que a candidatura de Graziano era um projeto pessoal do EX.

PARA LEMBRAR: País acumula inúmeras derrotas na luta por cargos internacionais.

Voadeira Hightech

Comprei uma voadeira nova. Hightech. Motor totalflex 4.3 litros com compressor integrado, tração 4X4 integral com bloqueio automático de diferencial, airbags frontais e laterais, suspensão independente, DVD player com acesso externo por USB e por aí vai.
Vai ser o maior sucesso na taba.

video

domingo, 23 de janeiro de 2011

Fornecedor de Merenda Escolar da PMM


Vê se pode. Nesse local fica a sede da fornecedora de merenda escolar da Prefeitura Municipal de Manaus, num contrato de quase R$ 30 milhões. Aí tem.
Alguns parlamentares estaduais e municipais estão acompanhando a festa. Quiça não deixem passar barato esse tema (e outros) e sigam de olho.

Choque Térmico