Read In Your Own Language

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Nova Inquilina da Casa Covil: Gleisi Hoffmann, A Barbie do Paraguai

Toinho não aguentou o pampeiro e caiu. E lá vamos nós. Vida que segue. Agora a ocupante da cadeira de chefe da casa covil chama Gleisi Helena Hoffmann. Após consultas aos amigos e amigas no twitter adotaremos o codinome Barbie do Paraguai. Por que? A carinha é de Barbie pelas feições bonitas e finas, mas a sinistra foi uma defensora ferrenha no senado quando da votação da triplicação da tarifa de compra da energia refornecida por Itaipu da sobra daquela que o Paraguai não usa.

Portanto, é contra o Brasil. E aqui começa nossa estória, né lourinha?

De família catarinense com origem alemã, nascida em 06/09/65, Gleisi é formada em Direito na Faculdade de Direito de Curitiba, com especialização em Gestão de Organizações Públicas e Administração Financeira. Esposa do sinistro das comunicações Paulo Bernardo, tem dois filhos. Seu primeiro matrimônio foi com o jornalista Neilor Toscan.

Fez sua carreira política como integrante do PT desde 1989, e já foi secretária de Estado no Mato Grosso do Sul na gestão de Zeca do PT (o que ela foi fazer lá, saindo do Paraná?) e secretária de Gestão Pública da prefeitura de Londrina. Participou lá em 2002, da equipe de transição de governo do EX, e na balada foi nomeada diretora financeira da Itaipu Binacional, uma boquinha reservada a poucos. Ali permaneceu até início de 2006, ano em que disputou e perdeu uma vaga ao Senado Federal. Em 2008, candidatou-se à prefeitura de sua cidade natal, Curitiba, mas obteve o segundo lugar com 18,17% do votos. Em 2010, disputou novamente o cargo de senadora, elegendo-se desta vez como a mais votada.

Cabe não deixar barato o sangue traíra de PTralha que carrega pois, numa reunião da bancada petista sobre a polêmica que envolveu o nome de Toinho, nossa Barbie defendeu que fosse esclarecido o aumento de patrimônio do ex-ministro. Claro que pensava no cargo pro maridão, mas já que caiu no colo ela não recusou.

E fica o registro histórico de que nuncaantisnaistóriadeçepaiz houve um casal de ministros na administração federal.
Usuária das redes sociais, seu blog é o http://www.gleisi.com.br/, seu twitter é @gleisi e seu facebook é Gleisi Hoffmann. Sigam-na pois pelo que se sabe ela usa intensamente e responde, segundo informou ontem à noite a GloboNews.

4 comentários:

Anônimo disse...

Então temos uma sinistra na casinha civil? O governo do Zeca do PT primou pelas falcatruas. Está processado até hoje. Setor financeiro de Itaipu? Pô, esse povo só pega tesourarias? Que vocação!!!!!!!!. A casinha da Barbie promete. Ainda mais com o PMDB TÃO satisfeito com a indicação. rssss Boa tarde cacique. opcao_zili.

Vindo dos Pampas disse...

Bonitinha, mas... ordinária.

Blog do Beto disse...

OLÁ AJURICABA.

MULHER E MARIDO NUM TOTAL COMPLÔ CONTRA O MINISTRO CORRUPTO. ARMARAM PARA QUE ELA FOSSE MINISTRA TANTO É VERDADE É QUE À REUNIÃO DO LUÍS 51 FOI NA CASA DO MARIDÃO DELA.

ABS DO BETO.

"O Mascate" disse...

Meu caro Cacique.
Será que a Lourinha vai fazer jus ao ditado: "por fora bela viola, por dentro pão bolorento"

Mas cá entre nós, a Barbiezinha bem que dá um belo dum caldo hein?

Agora é ligar o cronômetro e esperar para ver quanto tempo a Pit Bull vai aguentar no cargo.

Amplexos!!