Read In Your Own Language

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

PM, Carnaval e Greves - Skindô ou Babalaô

Como consequência das infinitas promessas exageradas nas campanhas país afora, no afã de eleger a então bichinha palanqueira e o maior número possível de bandidos da corja alugada, a PEC 300 esteve presente na totalidade dos palanques.
Eleitos os membros da gang, esqueceram tudo e passaram a viver a dura realidade e confirmar que a grana necessária para equalizar os salários de PM´s; BM´s e outros beneficiados às tropas do DF não caberia nos orçamentos dos estados nem da união e logo trataram de sentar em cima do proposta.
Aí deu-se a merda. Confusões no RJ, CE e BA; por enquanto. E agora o (des)governo federal já vê risco elevado de que o problema se alastre para mais seis Estados: Rio de Janeiro, Pará, Paraná, Alagoas, Espirito Santo e Rio Grande do Sul.
Claro que o Rio é considerado o mais crítico pelo eventual terror que causaria a ocorrência de cenas violentas às vésperas do Carnaval. A PM do Estado deve decidir amanhã se para ou não. Wally prometeu um aumento emergencial antes do carnaval prá acalmar a tropa.
sabe-se que a ABIN informou a governaANTA que o levante baiano fazia parte de uma articulação nacional para pressionar o governo a apoiar, no Congresso, a aprovação da PEC 300, cansados do cotejamento de promessas de campanha e enrolações congressuais.
O fato é: há uma bomba armada e prestes a explodir. A ver...

Um comentário:

Blog do Beto disse...

OLÁ CACIQUE.

QUEM COM FERRO FERE, SERÁ......

QUANDO OPOSIÇÃO O PT FAZIA PIOR E TODA SEMANA.

ABS DO BETO.