Read In Your Own Language

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Tutaméia: Cada Site Que Abro, Vem Outra Vergonha

Repercutida pelo site do Instituto Millenium, a matéria do Jornal espanhol El Pais de 07/07 pp estampa mais uma vergonha para o povo brasileiro.
Começa pelo título do artigo: Por que os brasileiros não reagem à corrupção de seus políticos? Depois você se lembra das confusões de nossos conterrâneos metidos em rolos de tráfico de mulheres e travestis e da sistemática recusa de vistos de entrada em seus aeroportos e pronto...Enfiar a cabeça em baixo do travesseiro é a única solução.

Em resumo, o jornal levanta o absurdo de que, em apenas 6 meses, o (des)governo de dona deelma já tenha demitido dois ministros de primeira linha, herdados do EX , caídos ambos sob escândalos.

Questionam eles se a população brasileira, especialmente os jovens, acham que a impunidade de políticos corruptos chegou a um ponto tal que já é cultura que "todos são ladroes" e que "ninguém vai prá cadeia", coisa que é um fenômeno hoje no mundo de movimentos de indignados.
Para salvar um pouco a dignidade, eles afirmam que não são todos os brasileiros que se acomodam frente à hipocrisia e falta de ética dos que nos governam, do Congresso, dos Estados e dos municipios, pois não são poucos os que se revoltam alguns analistas e blogueiros políticos.
Sobre a imprensa genuflexa do país, dizem que admitem o que está acontecendo e que a governanta "começou a se livrar de uma certa "herencia maldita de hábitos de corrupción que vienen del pasado".

Mas não se vê gente nas ruas nem a reprodução dos movimentos de eindignado que se espalham pelo mundo afora, a exemplo do que nós mesmos fizemos nas marchas "Directas ya (una campaña política llevada a cabo en Brasil durante los años 1984 y 1985 con la cual se reivindicaba el derecho a elegir al presidente del país por voto directo de los electores)", bem como os movimentos dos cara pintadas do ciclo de Fernando Collor.

Ainda segundo El País, as únicas causas capazes de levar gente à rua hoje são os homosexuais, os seguidores de las igrejas evangélicas e os que pedem a liberação da maconha.
O Brasil logo será a sexta potência econômica do mundo, mas continua com grande desigualdade social, direitos humanos, e com uma policía que é uma das que mais causa mortes no mundo.
Prá aliviar a barra, atribuem também a letargia a o fato que os brasileiros são gente muito pacífica, pouco dada a protestos, que vivem felizes com muito ou pouco e que trabalam para viver em vez de viver para trabalhar.
Pergunto: é esse Brasil que os honestos e de bem queremos deixar como herança para filhos e hijos e netos? Já chega. Precisamos ser mais efetivos que simplesmente nos manifestarmos nos meios eletrônicos.

Às ruas já...

3 comentários:

Velvet Poison disse...

Cacique, está cada dia mais difícil. Não me envergonho de entregar-me aos "ópios do povo" como chamam futebol, TV, etc. Não podemos suportar tanta leseira, tanta preguiça em não reagir, como de fato o povo não reage, sendo que nós vemos, sentimos, até, prevemos esses desmandos na política de Tupinicópolis.

Temos direito de desopilar. Pelamor!!

Anônimo disse...

Oi cacique amigo,
Como fazer isso com uma juventude formada por professores que, além de semialfabetizados ainda pregam apenas uma ideologia - a do PT? Ideologia de poder e não de um país mais forte e justo.
Vc viu a manifestação em Cuiabá na lavagem da calçada do Dnit? Apenas 15 jovens e 2 políticos. Um só apreciando.El país, infelizmente tem razão - povo sem formação ( mérito do PT que vem batendo nessa tecla há 30 anos), sem ideal ( q não o do PT) e , portanto, sem nenhuma expectativa a longo prazo e coletiva. Cada um pensa, apenas em seu umbigo.
Quando tentamos esclarecer os que estão mais perto, eles, talvez para não admitirem que estiveram e estão errados, dizem que não acreditam e que o ex é o máximo.
Essa imagem mentirosa do ex é que precisa ser desconstruída para que o Brasil volte ao eixo. Parece mentira mas, se analisarmos todos os fatos, veremos que o endeusamento o exime de qualquer culpa e mal feito.Isso acaba com argumentos de moralidade cívica.Estudantes, empresários,igrejas, todos são "comprados"ou com dinheiro mesmo ou com conversa mole e mentiras cretinas.
Teremos que chegar ao fundo do poço para acordarmos.E, parece, ainda falta muito.
Enquanto isso, continuemos firmes na rede até quando deixarem. Abs opcao_zili.

Alexandre - Caçador de iMundos disse...

O dia em que nós braisleiros passarmos por uma guerra, aí, sim, vamos nos mexer. Eu faco o que posso, mas a culpa é muito mais da Oposição que temos do que do governo iMundo, pois este está na sua natureza.
Os maiores inimigos da democracia brasileira são aqueles políticos que assinam uma tal Carta de Maceió, fundam outro partido PSD para apoiar Diuma ou senadores que prometem uma oposição elegante, cheirosa e boazinha.