Read In Your Own Language

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Cordelando 32: A Disputa Pelo Mote



Começo a ficar pensando,
Que meu cordel é legal.
A turma lá de Brasília,
Disputando pau a pau.
Querendo virar o mote,
Dessa simples poesia,
Cada uma que faça mais,
Aumentando a pu*****.

Orlandão não se conteve,
De ter prá ele um sozinho.
Na hora que pega a conta,
Meleca mais um pouquinho.
Diz que vai lavar a honra,
Isso não sei se ele tem.
Com o que Veja publicou,
Não pode escapar ninguém.

Sexto ministro a cair,
Não completando 10 meses.
Uma média desgraçada,
Nunca se viu outras vezes.
Quantas provas ele quer,
Prá comprovar o que há.
Diferente do que disse,
Não houve, não há, nem terá.

Do mesmo jeito que foi,
Com Palocci e Alfredão.
9 dedos se meteu,
Aumentando a confusão.
A governANTA enrolada,
Lá prá África fugiu,
Só causando mais vergonha,
Prás pessoas no Brasil.

O negão foi no congresso,
Prá falar da lei da copa.
Cheio de salamaleque,
Prás cobrinhas lá da toca.
Nem deixaram ele falar,
Só cobraram posição.
Se esse povo lá das ONG's,
Pode ser tudo ladrão.

Parecia que a coisa,
Tomava definição.
O cacique se embalava,
Prá falar do Orlandão.
Pois não é que seu Haddad,
Reagindo no final.
Aprontou mais uma vez.,
No ENEM fez carnaval.

Igual aos dois outros anos,
Confusão lá não faltou.
No colégio cearense,
Foi a prova que vazou.
Diferente daquel'outra,
Que pegaram na oficina.
O vazamento parece,
Que dessa vez tem propina.

Colégio chique danado,
Pros alunos de dinheiro.
Que chega a fazer ensaio,
Prá depois não fazer feio.
Testando antes da prova,
Apostila e simulado.
Com as questões que todo resto,
No dia se vê lascado.

Foi pouco mais que 600,
Que pegaram a questão.
Vão ter que fazer de novo,
Que aquela não valeu não.
Mas fica uma coisa comigo,
Como posso eu saber.
Se algumas questões vazaram,
No mais que havéra de ser?

O Ômi do Ministerio,
Que avaliou caso todo.
Recomendo ao Haddad,
Comece tudo de novo.
É melhor passar vergonha,
Embora gaste dinheiro.
O que não pode é lascar,
Jovem do Brasil inteiro.

Essa moçada coitada,
Passa o ano se matando.
Perda a festa e a balada,
E fica em casa estudando.
No dia da prova a Vera,
Vem um que é mais ixperto.
E ganha a vaga dele.
Ficando de queixo aberto.

Enfiado na mutreta,
Ainda tem o teixeirão.
Que pagou somente 1 conto,
Prá comprar um avião.
Que depois deu de entrada,
Pro mesmo que lhe vendeu.
E pagou uma grana preta,
Sabendo que se fu***.

Precisando se lembrar,
Que o ministro que assumiu.
Na CPI do congresso,
Dona Nike exauriu.
Apertou de fazer dó,
O seu Ricardo Teixeira.
Que escapou pois os outros,
Não viram sua roubalheira.

Acontece que o Rebelo,
Na hora que concorreu.
Pegou financiamento,
Que a Nike lhe ofereceu.
Pegou da AMBEV e do banco,
Isso já pode se ver.
Como vai ser quando for,
A hora de ser bater?

Invejoso da bexiga,
Já pulou o Carlos Lupi.
"Se eu sair no seu cordel,
Não me importo que me culpe"
Estou forte até demais,
Precisando emagrecer.
Já que aqui no ministério,
Quem manda é o PDT.

Igual a todos os outros,
Fogo amigo é o que se vê.
Gente do mesmo partido,
Joga sujo prá valer.
Quando vê contrariado,
Suas coisas e mutretas.
Atira logo em quem manda,
Quer a chave da gaveta.

No caso lá do Trabalho,
Um traíra é o Paulinho.
Aquele que manda na Força,
E que engana um bocadinho.
É amigo do patrão,
Se fazendo de operário.
Igualzinho ao 9 dedos,
Que faz os outros de otário.

Como disse prá vocês,
Fica duro concorrer.
Todos querem virar mote,
No cordel aparecer.
Até mesmo a governANTA,
Prá não perder sua vez.
Não foi no niver do outro,
Que assoprou 66.

5 comentários:

Sonia disse...

Esse é um dos melhores cordéis que já li: maduro, coerente, sem perder o humor ácido e incisivo do começo...
Com certeza, será mais um sucesso que vai render (e muito) nas redes sociais...
Pessoalmente, meu afilhado, eu não culpo o pessoal lá do planalto central pela feroz disputa em serem personagens de cordel... afinal, é a forma de imortalização mais pura que eles têm: através da arte... ;)
Parabéns, cacique!!
E um lindo final de semana!
Bjos

Sonia disse...

Esqueci de comentar que a imagem é quase tão boa quanto o cordel todo... sen-sa-cio-nal!!! :D

opcao_zili disse...

Oi cacique,
É assunto para cordel de mais de metro. Uma vergonha que nos entristece. Estou cansando de tudo isso. Esse ex aprontando de todos os lados precisa ser detido ou detonará o país. Agora, mina a eleita de todos os lados para voltar em 2014.Essa peça não tem limites?

CHUMBOGROSSO disse...

Devagar se chega ao longe
E "cordelando" mais ainda
Nossa TL tem um monge
Que põe safado em "berlinda"
Cacique, não se lisonje
Pelo que até agora fez
Mantenha o "porrete afiado"
Ainda faltam 33

Nélio Rocas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.