Read In Your Own Language

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Minha Cadeia, MInha Vida

Claro que o destaque da Tribo hoje são os cordéis. Mas não poderíamos deixar passar em branco este extraordinário projeto de auto-locação dos petralhas; mais uma vez agindo em causa própria.
O sinistro da (in)justiça Dudu Cardozo anunciou ontem a criação de um plano nacional para ampliação do sistema prisional brasileiro; uma espécie de ampliação do programa Minha Casa, Minha Vida para a corja no poder; durante uma audiência pública na Comissão Temporária de Segurança Pública do Senado Federal.

Segundo ele, a governANTA está procupada com os alojamentos futuros de seus açeçores e vai anunciar o investimento de R$ 1 bilhão para a construção de novas cadeias e para melhorar o sistema penitenciário brasileiro e terá como foco a construção de novas cadeias, com prioridade para a situação dos presos provisórios, aqueles que ainda não foram julgados.
Nas palavras de Dudu:

- "É evidente que nós preferíamos estar construindo escolas e creches ao invés de presídios, mas a realidade exige isso. Em maio, a Anistia Internacional criticou a situação degradante e a prática de tortura no sistema prisional brasileiro".
- "A ênfase deste plano que será lançado pelo presidente da República será uma ampliação como nunca antes nós fizemos no sistema prisional em tão curto espaço de tempo. Mas, em síntese, dentro daquilo do que foi feito, do que está sendo feito, do que será feito, nós temos uma tentativa de ataque à violência, tentativa de ataque ao crime organizado, ao uso de drogas".
- "Eu ousaria dizer que o crime só floresce com uma certa permissividade do aparelho do Estado."
Comento: todo o texto é verdadeiro e foi obtido nos principais jornais eletrônicos do Brasil. É um projeto real e necessário para efetivamente se dar um passo na melhoria das condições das prisões brasileiras. Mesmo destinadas a "pessoas humanas" desalijadas do respeito à lei, é certo que sejam tratadas com um mínimo de asseio e higiene. Não estou aqui fazendo nenhuma apologia a "Direitos Humanos" blá, blá blá; mas de segurança dos próprios agentes da lei que operam as cadeias do país. Até porque inocentes ou praticantes de pequenos delitos vão para o mesmo lixo que os bandidos "irrecuperáveis". E mesmo no lixo há itens reciclavéis.

Nosso objetivo no contexto em que é apresentado aqui; demonstra perfeitamente que esse programa poderia perfeitamente ser implantado na forma em que o imaginamos. A interpretação tragicômica que fizemos referenda isso.

2 comentários:

opcao_zili disse...

Oi cacique,
Esse investimento é muito necessário sim. Só não é necessário o auxílio-cadeia que desvirtualização todoa e qualquer intenção de reeducação. Ir preso, hoje,tem mais merecimento que os aposentados do INSS. Essa inversão é CRÓEU

Velvet Poison disse...

Não direi que li e entendi Minha "cadela" porque pode pegar mal, e eu sou uma dama.