Read In Your Own Language

domingo, 14 de agosto de 2011

Cordelando 9 Dia Dos Pais

Num dia como o de hoje,
Muito há que se dizer.
Sobre uma grande figura,
Que cerca eu e você.
Falo daquele que um dia,
Lhe preparou prá nascer.

Enquanto Cê tava no escuro,
Quentinho e aconchegado.
Já tinha um cara aqui fora,
Valente, guerreiro e virado.
Brigando feito um leão,
Prum dia Cê ser educado

Depois que você veio ao mundo,
A luta não se acabou.
Fralda, comida e papinha,
Por ele nunca lhe faltou.
E muitas noites sem sono,
Por certo você lhe deixou.

A palavra que traduz,
Como se chama este ser.
É tão pequena e curtinha,
São três letras prá dizer.
Mas tem um valor tão enorme,
Que é maior que você.

Tem uns que chama papai,
Painho, meu velho e senhor.
Coroa, eu acho mei duro,
Respeito, me faça o favor.
Gosto mesmo é de Meu Pai,
Um nome de muito valor.

2 comentários:

Sonia disse...

Mazááá guri!!
E não é que ele tomou gosto mesmo pelo tal cordel?? Já sai automático, né? Coisa bem boa e bem linda de se ver!! Amo amo amo! s2;***
Beijo!

natyscastro disse...

Lindo Cacique.. não terminaria meu dia sem vir dá uma espiadinha por aqui rsss uma bela homenagem. parabens