Read In Your Own Language

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Meu Filhinho Não...


Deu na Folha de São Paulo que o relatório final da CPI dos Correios lá no remoto 2005 e que investigou o inexistente mensalão, foi escandalosamente modificado para aliviar tudo o que se referia ao filho mais velho e mais talentoso do 9 dedos.
O documento, redigido pelos assessores do pequeno deputado ACM Neto, sub-relator da CPI, para o tema fundos de pensão.
Do texto original apresentado ao relator, deputado Osmar Serraglio, foram suprimidas as menções ao gênio dos games Fábio Luís, o Lulinha, e o fato de a empresa investigada Gamecorp pertencer a ele.
Claro que Serraglio tinha poderes para alterar o texto do sub-relator. O que é vergonhoso e criminoso é que só foram suprimidos trechos que citavam Lulinha ou eram críticos a ele e a Loola. De resto, o texto de ACM Neto foi mantido em sua essência.
Só lembrando, o maior dos entendidos em sistemas de informática desde Bill Gates e Steve Jobs foi investigado pelo pequeno detalhe da então TELEMAR, atual OI ter investido a bagatela de R$ 5 milhões na Gamecorp, empresa foi criada por Lulinha em 2004, com capital de R$ 10 mil, e que um ano depois recebeu o aporte milionário da telefônica.
O vínculo entre a gamecorp e a CPI foi o enlace entre dois fundos de pensão investigados e que tinham participação na TELEMAR, que por sua vez tinha recebido aportes gigantescos do BNDES.
Os trecho suprimidos constavam como "por envolver, naturalmente, como beneficiário, o filho do presidente da República". Ficou de fora também um parágrafo inteiro que criticava o Ministério da Fazenda e juntas comerciais de diversos Estados, que não responderam aos pedidos da CPI por informações sobre a Gamecorp.
A Fazenda, segundo o texto de ACM Neto, respondeu que repassar essas informações "poria em risco os interesses legítimos da empresa". Simples assim.
O presidente da CPI, senador Delcídio Amaral disse que conversou com loola diversas vezes e que houve pressão de todos os lados, mas não disse nada sobre a origem da ordem para retirar o nome de Lulinha do texto final.
Serraglio confirma as pressões do Planalto. Diz ele que as ordens chegavam tipo "ou vocês retiram ou nós vamos criar dificuldades para aprovar". Que acompanhava de perto cuidando dos interesses do Planalto, eram os deputados Carlos Abicalil e Jorge Bittar, a tropa da choque.
O que fica claro é que Delcídio e Serraglio concordaram que se o nome de Lulinha tivesse sido mantido, o relatório não teria sido aprovado. A explicação dos dois: incluir o nome de Lulinha seria o mesmo que incluir o do deus petralha.
Ao fim, a CPI apurou o caminho do dinheiro do mensalão, mas não quebrou o sigilo da Gamecorp. Aí é soda como diria Fócrates.
Segundo ACM Neto, na segunda-feira anterior à votação do relatório final, foi avisado por Serraglio de que era preciso retirar o nome de Lulinha. "Não sei de quem partiu a ordem para tirar o nome do Lulinha, mas aceitei porque era o acordo ou nada", disse o baiano.
Não se conseguiu a versão dos deputados citados por Serraglio, e a assessoria da funação Lula não quis comentar o caso. A assessoria de Lulinha também não respondeu
Fica claro que, por medo de perder os votos do PT se radicalizássem, sacrificaram os anéis, mas salvaram os dedos.
Demonstra-se portanto, a total falta de escrúpulos quendo se trata de esconder os malfeitos do auto-proclamado deus e sua maléfica influência sobre várias áreas da República. Um assinte às pessoas de bem desse país.

2 comentários:

Blog do Beto disse...

OLÁ CACIQUE.

ESCRÚPULO É PALAVRA QUE NÃO CONSTA NO DICIONÁRIO PETISTA.
ABS DOBETO.

marciagrega disse...

Olá meu amigo...Lula é a pessoas mais escrota que eu já tive conhecimento...
Aqui é a Marciagrega, entrei com m login diferente... Quero te convidar para visitar e conhecer o blog da minha empresa de Midia Social, ZixPlus. Mais uma nova empreitada que começo, com o auxílio de minha sobrinha que mora na Flórida.
Construímos e reformamos blogs e websites, bem como colocamos o perfil em todas as mídias sociais. Divulgamos e promovemos seu link.
Dá um pulinho lá amigo, pra nos prestigiar...
Comecei fazendo um blog e um site para o noivo da minha sobrinha lá na Flórida. Coloquei o perfil da empresa dele em todas as mídias e coloquei nos sites de buscas, AdWords, etc...deu muito resultado! E como lá esse serviço custa caro, resolvemos montar uma empresa, por lá, para fazer esse tipo de trabalho.
http://zixplus.blogspot.com

Obrigada,
Bjusssss