Read In Your Own Language

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

A Institucionalização da Casa de Noca

Neçepaíz está realmente institucionalizado o regime da casa de noca, onde tem tudo que se quer, onde todos mandam e ninguém obedece, como se diz no ditado popular e naquela marchinha de carnaval.
Na alça de mira há uma porrada de tempo, Elias Fernandes é o diretor geral do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca - DNOCS desde 2007, indicado por ninguém menos que o líder do PMDB na Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves. Tem rolo prá mais de quilo no orgão. Fala-se em quase 200 milhetas.
Dona deelma ameaçou de trocar a criatura e se meteu numa camisa de 11 varas. Ontem, num claríssimo e inadmissível ato de prepotência e violação das leis de independência do poderes da república, o caboco Henrique, representando claramente o PMDB, desafiou ontem o Planalto a demitir o apadrinhado.
Segundo rola nos jornalões, Riquinho teria questionado se "O governo vai brigar com metade da República? Com o maior partido do Brasil? Que tem o vice-presidente da República, 80 deputados, 20 senadores? Vai brigar por causa disso? Por que faria isso?"
Trata-se evidentemente de uma repetição dos filmes que já estiveram em cartaz com os demais sinistros e funcionários de alto escalão da administração da governANTA que não foram demitidos, mas afastados a pedido; e cujos partidos peitaram assintosamente a dita cuja e ficou por isso mesmo.
Danem-se os eleitores e contribuintes extorquidos dessa nação varonil. O que importa é manter a governabilidade, seja lá que poha for isso.

Um comentário:

Velvet Poison disse...

"..tem nego pensando que a casa de noca é farra, é fofoca
é canjerê que é só ir chegando,
entrando e pegandolevando na marra a primeira que vê ah, nêgo!.."