Read In Your Own Language

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Prá Babão Cheira-Calçola, Todo Castigo é Pouco


Com informações do site WSCOM
Esse Eduardo Braga não toma jeito. Babão de marca maior, puxa-saco juramentado do 9 dedos e cheira-calçola oficial da governANTA, ontem teve seu castigo na comemoração da eleição do nefasto Renan Calheiros para presidente do senado.
Empolgadíssimo com a larga vantagem obtida, Dudu subiu até as galerias onde estavam familiares do conterrâneo do falso e cagão Teotônio Vilela Filho e da múmia do Maranhão José de Ribamar, prá fazer aquela média com a qual sempre se deu bem.
Chegou no ladinho de dona Marly e lascou um "parabéns pelo excelente trabalho que o presidente Sarney fez", disse a criatura, segurando a mão de sua interlocutora.
Na sequência, a essa altura já se achando o dono da última coca cola do deserto, mr. Braga se dirigiu à mulher de Renan, sentada ao lado de Marly, também segurou carinhosamente sua mão e mandou ver: "Parabéns, dona Mônica..."
Percebendo a cagada, fez-se alguns instantes de um silêncio tumular e Dudu com cara de amarelo que comeu barro, soltou um "Ops, desculpe-me. Parabéns, dona Verônica".
Como menino que deu um peido na frente da visita, deixou a roda rapidamente e foi procurar a turma dele.
Só prá lembrar, Mônica Veloso é aquela jornalista com quem Renan teve um caso extraconjugal e uma filha, cuja pensão era paga com dinheiro do lobista duma empreiteira.
Mas não ficou de graça. Quando Braguinha se afastou, Verônica Calheiros cutucou Marly e disse: "Você viu? Ele trocou o meu nome... Mas é fácil trocar o nome... A gente tem que tocar a vida, né", afirmou.

2 comentários:

Marineide Dan disse...

Corna mansa!!!

Blog do Beto disse...

OLÁ CACIQUE.
CHEIRAR CALÇOLA É EXCELENTE.
ABS DO BETO.