Read In Your Own Language

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Greves: Pode Ser o Calvário da GovernANTA


Greves pipocando Brasil afora. Uma após a outra as "categorias"  federais vão se agregando em movimentos de reclamos e protestos cada vez mais longos e agressivos.
Nem seria de se espantar se o governo fosse do PSDB, DEM ou qualquer outro partido burguês que não o PT e sua gang alugada. Mas trata-se de uma administração de continuidade. Da eleita escolhida a dedo pelo 9 dedos (eita, cacofonia...).
No começo era o verbo, ops, não é isso não...Errei porque pensei na auto-proclamação dele. foi um negócio de cairministro numa sequência infindável. Faxinas de fachada e o neologismo dos "malfeitos" por conta da safra de serregonhices. Agora é greve crise fiscal e financeira, e, com isso, a o risco de derrubada do plano Real, duramente implantado, a própria estabilidade da economia e a volta da inflação.
O buraco agora é beeeem mais em baixo. Centrais sindicais raivosas e enfurecidas (tenho ouvido os discursos dos urbanitários em campanha aqui na taba, e eles batem prá valer na dentuça) atuado junto ao funcionalismo, iludido nestes últimos 9 anos com a falsa promessa do governo proletário e que se resumiu a permitir bandalheiras e roubos de apaninguados e distribuição de bolsas. O tal compartilhamento de poder nunca existiu.
Sem poder repetir as promessa de futuro alvissareiro para os cumpenhêrus funcionários, como fez o 9 dedos, pois o poço secou, começa-se a se enxergar que a situação do país é muito grave, e veio  em mau momento: perda de velocidade na arrecadação, devido ao desaquecimento econômico, bem como a efeitos da concessão de vários incentivos fiscais para reduzir custos das empresas afetadas pela desaceleração.
Claro que uma ou outra categoria está muito apertada em termos de salário, mas, de um modo geral, os servidores ganham mais que o seu equivalente da iniciativa privada. E ainda têm a vantagem da estabilidade, faça a merda que fizer.
Acostumadas às benessese favores que conquistaram com loola, os servidores querem continuar a avançar sem limites sobre o orçamento. Hora errada para bater de frente a não ser que se esteja querendo confusão e caos.
E aqui pergunto: interessa a quem? Não vou responder. Deixo no ar...

2 comentários:

opcao_zili disse...

Greve será o menos de todos os problemas dela, a continuar nesse ritmo bolivariano.

Blog do Beto disse...

OLÁ CACIQUE.

ESSE É O EFEITO BUMERANGUE. QUANDO NA OPOSIÇÃO ERA GREVE TODOS OS DIAS.

ABS DO BETO.