Read In Your Own Language

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Avuar é Bom. Mas no Oroporto Duzôtros

 
Que tem o desprazer de circular por qualquer - vou repetir, QUALQUER, aeroporto brasileiro, sabe muito bem o estado de calamidade que estão. Saguões superlotados, serviço péssimos e caríssimos, falta de um mínimo de infraestrutura, voos atrasados ou cancelados, ambientes incompatíveis com seus usos, banheiros imundos e quase sempre interditados, e por aí vai.
Promessas e projetos e bilhões gastos e ABSOLUTAMENTE NADA se resolve ou mostra algum sinal de correção.
A panacéia anunciada para a copa e olimpíada é cada dia que passa mais risível. A não ser a Brahma que diz que haverá uma coisa sensacional nos períodos esportivos, ninguém tem a mais remota esperança de que venha a acontecer.
Nem as ditas "concessões", porque privatização é crime privativo da administração FHC, parecem dar alento porque ningém quer uma batata quente dessa.
Talvez seja por isso que, quando o governo português decidiu privatizar o aeroporto de Lisboa, o maior do país, apareceram empresas brasileiras se candidatando. No páreo, um consórcio formado pelas empreiteiras Odebrecht e CCR; e outro, liderado pelos argentinos da Corporación América, mas que inclui a brasileira Engevix.
O que une os dois grupos é nossa grana. caso um deles ganhe, quem paga boa parte da conta por meio dos generosos cofres do sempre disponível aos amigos BNDES. Já está liberado 1,2 bilhão de euros de crédito do BNDES para cada um deles. Não fique chateado: está bem dividoso: eles ganham e você paga a conta.
Para fins de comparação, os investimentos nos aeroportos brasileiros - TODOS, no orçamento de 2013 será de R$ 1,7 bilhão, para os aeroportos do país inteiro. Menos da metade do que o BNDES pretende destinar aos compradores de um único aeroporto em Portugal.
É de ficar Xuxo de raiva com a corja, que por certo levará alguns %%% e $$$$$ de taxa de sucesso nessa estória.

2 comentários:

"O Mascate" disse...

Grande chefe, os aeroiportos estão virando rodoviárias sucateadas para atender a demanda da pobraiada que segundo o EX presidende, está voando de avião.
Tudo para manter o conforto e o habitat natural dessa camada da população.
Mandar 1.200 BI para comprar Aeroporto em Portugal parece até piada de português. Mas é assim que o país caminha célere e alegremente para o brejo.

Saravá!!

Didi Iashin disse...

Eu sempre faço esse comentário para minha irmã: Guarulhos - que é c onsiderado um grande aeroporto, parece uma pista de pouso de fazenda da década de 50, onde, cada vez que um avião vai descer, tem de espantar as galinhas e uma vaca da pista. Eu conheci dois aeroportos americanos: Dulles e BWI. AEROPORTOS. GRANDES. Com uma BAITA infraestrutura. Eu nem cito Congonhas porque é uma piada, parece mais um aeroclube do que um aeroporto. E o $$ sumindo, sumindo, sumindo ...