Read In Your Own Language

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Rui Falcão e o Efeito da Maconha Estragada


A insensatês, disfarçatês, cara-de-pau-lês, serrergonhicês, e todas as rimas que se possam encontrar podem, e devem, ser aplicadas quando o assunto é petralhas x mensalão.
Mesmo com a confirmação por unanimidade (os votos absolutamente tendenciosos, carregados de agradecimentos por favores  e partidários de LewandoNãoSeiQueNãoSeiOnde e Toinho Toffoli não contam) de que o crime de lesa pátria é fato, existiu, é comprovável e vai levar meio mundo em cana; continuam a negar sua ocorrência e tentam manter o grande mentor e grande líder longe da lama, com o mesmo e surrado argumento: os conservadores e integrantes do PIG.
Ontem, durante o lançamento da candidatura de Jorge Lapas, o vice que virou titular em cima da hora lá em Osasco, o presidente nacional da facção PT, Rui Falcão, largou ao vento umas pérolas que devem ser registradas. Coisas como "o partido foi vítima de um golpe de setores conservadores da sociedade com a condenação de um deputado federal pelo STF".
E continua o pau madado: "Vocês sabem que mexeram com o PT, um golpe grande, que faz parte de uma ação daqueles que foram derrotados nas urnas três vezes. São esses conservadores que diziam que o Brasil não podia crescer mais de 3%, que não podia dar aumento de salário, que gerava inflação. São esses mesmos conservadores que, junto com os setores da grande mídia, perderam na urna e tentam nos derrotar por outros meios".
E ainda teve a petulância de ameaçar que não lhes é conivente com palavras de incitação à violência da ordem e "não mexam com o PT, porque quando o PT é provocado, ele cresce".
Na visão deturpada e facista de Falcão, a condenação não passa de uma reação às conquistas socias (??) dos (des)governos de loola e deelma, pois a Zelite suja e reacionária, não tolera que um operário tenha mudado o país e que uma mulher dê continuidade a esse projeto, que retirou o povo da condição de subjulgado.
Daí, na insana cabeça dele, uma vez que foram derrotados três vezes nas urnas, lançam mão dos instrumentos de poder que ainda dispõe, desde a mídia conservadora, passando pelo Judiciário.
O tual prefeito da cidade, Emídio de Souza, também petralha e que bancou a candidatura de Lapas, seguiu a linha de Rui Falcão, sendo até mais incisivo: "O que reina aqui é: mexeu com um, mexeu com todos", para logo após informar que vai se licenciar do cargo prá cair de boca na campanha e que o próprio 9 dedos irá se envover na eleiçao de Lapas. Fica claro que a eleição de Lapas virou questão de honra para o PT.
Fato é que o grau de baixaria não muda. Está sendo na campanha daqui de Manaus, vi isso e Belo Horizonte e tenho acompanhado, ainda que de longe, em São Paulo e Recife; onde os candidatos do PT começam a se mostrar uns cones insustentaveis.
O nível vai cair. E muito.

2 comentários:

"O Mascate" disse...

Grande Chefe.
Esse é o jeito PTralha/Boiolivariano de fazer política.
O Ptralha: Mentir, mentir e mentir.
E o Boiolivariano: Arranjar algumn inimigo extreno para desculpar a própria incomPTência.
Veja na Merdezuela que Uzistaduzunidus é culpado até pelo câncer que corrói a fétida carcaça do Orangotango comunista.
E na ARGHentina as Malvinas voltam à cena.
E no Brasil, o PIG e as elites que inventaram de criar uma falácia onde até o MP me o STF acreditaram. E olhe que a mentira é tão boa que ministros do STF colocados lá pelo Sebentus de Garanhuns estão votando contra o PT.
Essa camarilha vermelha deveria ser abatida a tirambassos no fucinho.

opcao_zili disse...

Pelo que o ensandecido falou, os conservadores foram até generosos em dizer que o país só cresceria 3%. Pelo jeitinho petista de governar, será de 1,5% e ladeira abaixo.