Read In Your Own Language

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Mais Uma Cota, Uma Isenção, Uma Falácia

O caráter patriarcal num volume exagerado adotado por nosso (des)governo federal é absolutamente inigualável em toda história do ser humano desde o Fiat Lux Divino.
Já se tem cota para homosexuais, negros e pardos prá tudo, camisinha de graça, pílula do dia seguinte e aborto pelo SUS, bolsa família, bolsa desemprego, bolsa detento, bolsa invasão, e por aí vai.
Achando pouco, os membros da camarinha a serviço da corja palaciana aprovou ontem na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, um projeto de lei que institui no Estatuto da Juventude em reforma uma concessão prá lá de eleitoreira e oportunista: estabelece que jovens de 15 a 29 (???) anos e que se enquadrem na faixa de baixa renda terão direito a duas passagens gratuitas em todos os aviões, ônibus e barcos interestaduais que transitarem no País, além de duas passagens com desconto de 50%, se o benefício integral já tiver sido utilizado. O projeto contempla ainda que os mesmos jovens (???) de 15 a 29 anos terão, ainda meia-entrada nos eventos culturais e esportivos financiados com dinheiro público e 40% de desconto nos eventos patrocinados pela iniciativa privada.
Claro que está contemplado que a baboseira se aplique aos jogos da Copa do Mundo em 2014 e à Olimpíada de 2016, mesmo sabendo que os organizadores dos eventos já assinaram contratos em que, caso os abestados do (des)governo insistam nessa leseira vão pagar eles (claro que com nossos impostos) essas diferenças.
Acha pouco? Pois os privilégios previstos ainda se estendem à criação de linhas de crédito específica na rede bancária, oficial ou não, se for "Comprovado" que se destina a agricultura orgânica e agroecológica e à "efetiva inclusão dos jovens nos espaços públicos de decisão com direito a voz e voto"; seja lá que poha for isso.
Uma voz isolada no combate a tamanha insanidade, o senador Demóstenes Torres disse que o novo estatuto é "totalmente demagógico", e está sendo elaborado unica e exclusivamente para atender aos interesses da mais que corrompida UNE e outros movimentos devidamente alugados e que hoje estão subsidiados a cata de novas bandeiras alguma, puxando barbaramente o saco dos governantes e absolutamente alheios a um pequeno problema que assola a nação: a roubalheira e a corrupção.
Demóstenes se referiu aos estudantes que torciam na CCJ pela manutenção de mordomias, ao que ele chamou de "marmanjos que deveriam estar estudando e trabalhando em favor do Brasil, em vez de quererem sugar mais a população brasileira". Sobre as passagens gratuitas, o senador lembrou que é o cidadão comum, muitas vezes com renda mais baixa do que os favorecidos, quem vai bancar a benesse.
Prá não dizer que o martelo está batido, o projeto ainda tem ainda de ser examinado nas comissões de Educação, de Direitos Humanos e de Assuntos Sociais, antes de ser encaminhado à Câmara dos Deputados e ser encaminhado para a sansão da governANTA. Mas alguém duvida que isso não vá ser aprovado em todas as instâncias?
Todas as minhocas das várzeas amazônidas sabem que não existem almoços grátis. Portanto, o que for da alçada do (des)governo vira da escandalosa carga tributária e o que for da iniciativa privada, se refletirá em aumento de preços de serviços. Ou ainda, NÓS os idiotas de sempre pagaremos a caridade dessa corja.

2 comentários:

Velvet Poison disse...

Fico impressionada com a quantidade de projetos acintosos que justamente a comissão de Constituição e Justiça aprova. Deveria matá-los no nascedouro. Viajar de graça o escambau! O impostuinte paga. Paga tudo!

opcao_zili disse...

E depois, aquela anta governamental vem dizer que não interferirá nas eleições de 2012. Isso é uso, vergonhoso da máquina pública e o TSE está mudo, calado, amordaçado.
Isso aqui não tem jeito mesmo.
Alimentando a vagabundagem para dominar totalmente.
E as antas brasileiras não se dão conta que, os maiores prejudicados, serão eles mesmo >>> um povo sem cerviz.