Read In Your Own Language

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Obrigado Bispo de Roma

 
Obrigado Francisco, Bispo de Roma, como gosta de ser chamado.
Obrigado por sua alegria contagiante que mostra a todos como superar dificuldades com um sorriso é muito mais agradável.
Obrigado por sua humildade, que prova que, aos olhos do Senhor, os humildes serão exaltados, conforme Suas próprias palavras.
Obrigado por seu vigor físico, que supera as barreiras do tempo e idade para se fazer presente em inúmeros compromissos com deslocamentos difíceis e perigosos; não por encontrar bandidos, mas simplesmente pelo afã de seus fiéis em ficar perto do senhor e tentar lhe tocar ou lhe dar presentes.
Obrigado pelas orações que fez em nosso nome pelo sucesso da Jornada e pelo crescimento de nossa fé.
Obrigado por nos remeter à missão de evangelizar contando com a sua presença espiritual e a coragem de enfrentar desafios.
Obrigado por nos dar a certeza que "remar contra a maré" não é um ato insano, mas nos dará força cada vez maior para crescer espiritualmente.
Obrigado por fazer ver aos governantes mundiais, e especialmente aos governantes brasileiros, que o poder de seus cargos deve ser usado para o bem comum e não para seus benefícios próprios.
Obrigado por "chacoalhar" os jovens do mundo inteiro para que sejam luz e sal na humanidade.
Obrigado por nos fazer ver o Cristo que muitos não mais enxergam.
Obrigado por nos lembrar que a oração é o caminho para iniciar nossas conquistas. Não devemos só pedir, mas confiar na Graça que se nos apresenta.
Obrigado, obrigado, obrigado. Muitos outros motivos surgirão a cada dia de seu pontificado.
Abençoa-nos a cada dia....
Ah... Rezaremos pelo senhor sim. Mais que seu desejo e pedido, temos que fazê-lo forte para realizar as mudanças que pretende fazer na estrutura da igreja.
Um bom começo é a ORAÇÃO DOS 5 DEDOS, sua criação e orientação, que tenho a ousadia de aqui reproduzir.
De novo, e muitas vezes mais, OBRIGADO.


1. O Polegar é o mais próximo de você. Então comece a orar por aqueles que lhe são mais próximos. Eles são os mais facilmente lembrados. Orar por nossos entes queridos é "uma doce obrigação"!
2. O seguinte é o dedo indicador. Ore por aqueles que ensinam, instruem e curam. Isso inclui mestres, professores, médicos e padres. Eles necessitam de apoio e sabedoria para indicar a direção correta aos outros. Mantenha-os em suas orações sempre presentes.
3. O próximo dedo é o mais alto. Ela nos lembra dos nossos líderes. Ore para os presidentes, governadores, prefeitos, congressistas, empresários e gestores. Essas pessoas dirigem os destinos de nossa nação e orientam a opinião pública. Eles precisam da orientação de Deus.
4. O quarto dedo é o nosso dedo anular. Embora muitos fiquem surpresos, é o nosso dedo mais fraco, como pode dizer qualquer professor de piano. Ele deve lembrar-nos a rezar para os fracos, com muitos problemas ou prostrados pela doença. Eles precisam da sua oração dia e noite. Nunca é demais para orar por eles. Você também deve se lembrar de orar pelos casamentos.
5. E finalmente o nosso dedo mindinho, o dedo menor de todos, que é a forma como devemos nos ver diante de Deus e dos outros. Como a Bíblia diz que "os últimos serão os primeiros". Seu dedo mindinho deve lembrá-lo de orar por você. Quando você estiver orando para os outros quatro grupos, suas próprias necessidades estarão na perspectiva correta, e você poderá rezar melhor pelas suas necessidades."
 
 

Um comentário:

Blog do Beto disse...

olá cacique.

francisco é o cara.

abs do beto.