Read In Your Own Language

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Minha Casa, Minha Vida do TCU

Continuando a estória da desabrigada ministra do TCU Ana Arraes, li que amigos e familiares do ministro aposentado Ubiratan Castro, de quem a gloriosa Aninha herdou a vaga, disputada a ferro e fogo e sabe-se lá com que argumento$, por seu filhote Eduardo Campos, governador de Pernambuco; ficaram indignados com o argumento que ela usou para recusar a "herdar" o apartamento funcional que o ex-presidente do TCU ocupou por dez anos, alegando que lembrava uma cela da ditadura.
O cidadão Bira foi um político progressista, com uma vida de sabidas e notórias dignidade e honradez, principalmente no exercício de sua função no TCU. O ex-ministro Aguiar em nada lembra um presidiário a que Don´Ana se arvora orgulhosamente de ter sido, embora mereça ainda a vaga.
Um ministro do TCU, fiscaliza não só as contas do governo, mas também os bons costumes públicos, e o fato de Ana Arraes ocupar ilegal e despudoradamente um imóvel da Câmara, que era seu como deputada que era, é um absurdo sem par.
Sem querer ficar na "cela" que o TCU lhe designou, aquela de quem se fala ter tido um caso com Chico Buarque, aguarda a reforma de um apartamento bem maior, de 250 metros quadrados, que o Senado prometeu ceder, prá aplacar a claustrofobia dela.
O fato é que os também ministros do TCU, José Jorge e José Mucio, ambos ex-senadores e conterrâneos de Ana Arraes, vivem em apartamentos do senado e agora ela exige o mesmo.
Num país mais sério, ela que desse o jeito prá morar, mas em plagas tupiniquins, acontece esses absurdos.

Um comentário:

marciagrega disse...

É um abuso atrás do outr... mas isso só acontece porque o povão permite.
Enquanto eles forem coniventes com as barbaridades desse governo assim será!!!

Beijão