Read In Your Own Language

domingo, 12 de agosto de 2012

E o Toffoli tem Pirulito?


O Ricardo Noblat publicou ontem que, na saída de uma festa em Brasília, ouviu alto e bom som Toinho Dias Toffoli dizendo impropérios e baixarias, além de se referir depreciativamente à sua mãe.
Noblat diz que chegou a cumprimentar Toinho quando chegou e quando saiu sem que nenhuma reação adversa tenha percebido.
Quando já estava de saída no portão, ocasião em que o Toinho achava-se em segurança auricular, ouviu os palavrões e descomposturas ditos pelo afilhado do Dirceu quase aos berros.
Sorrateiramente voltou e se instalou num ponto em que dava prá ouvir com mais clareza o que ele dizia. Embora não seja tão pudorado assim, confesso que tenho que censurar algumas palavras em respeito a meus leitores, mas foi coisa como: Esse rapaz é um canalha, um féladapota.
Essa citação de juiz de futebol foi repetida à exaustão. E acrescentou; Ele só fala mal de mim. Quero que ele dofa-se. Eu me preparei muito mais do que ele para chegar a ministro do Supremo. CUMA JÁ? Só isso já seria um impropério, mas vamos em frente.
Ratificando sua gratidão a JD que o empregou no topo da carreira jurídica sem o menor mérito, disse que estava irado porque Noblat criticava o padrinho, mesmo publicando os seus textos no blog.
O grande arremate foi a gloriosa expressão do submundo duzmanus da mais baixa compostura: Chupa! Minha pi** é doce. Ele que chupe minha pi**.
Diante da assertiva de çua inçelença, passei a imaginar algo adocicado que pudesse ser chupado sem causar constrangimento ao ativo ou ao passivo e me lembrei dos pirulitos de tamarindo que degustava lá no nordeste em minha infância e adolescência e coloquei na abertura deste post.
Tudo isso na tentativa de me enganar que um ministro do Supremo Tribunal Federal possa ter descido ao nível mais baixo do discurso popular.

Um comentário:

Blog do Beto disse...

OLÁ CACIQUE.
COM TOFFOLI ESTAMOS TOFFOLIFUDIDOS.

ABS DO BETO.